Arquivo da categoria: impeachment

“ESTES TODOS QUE AÍ ESTÃO…”

“…ATRAVANCANDO MEU CAMINHO.

ELES PASSARÃO, EU PASSARINHO.” Mário Quintana

 

Se em dois anos não fomos capazes de fazer frente ao GOLPE ANUNCIADO, qual a esperança que temos agora?

A dor maior não é saber que eles foram vitoriosos na forma deles agirem, A DOR MAIOR é sabermos que poderíamos ter evitado, que não precisávamos estar passando por nada disto se tivéssemos tido as ações corretas.

Mas…

Quem foi que disse que eles venceram?

Se a DILMA cair, isto significa que agora, muitos de nós que não estávamos na luta, iremos participar e outros virão com eles…

Se a DILMA cair, isto significa que precisaremos merecer o PAÍS QUE QUEREMOS, nenhuma conquista virá até nós!!! Nada será de graça!!!

DilmaLulaEnforcados1

Devemos, então, buscar todas as forças que temos guardadas dentro de nós.

Eles acreditarão que venceram, muitos tripudiarão de nós, iremos chorar e iremos sofrer, como sofremos com todas as injustiças que vemos sendo arremessadas contra todos os nossos irmãos.

Mas, vejam, O SOL NASCERÁ NOVAMENTE PELA MANHÃ, e com fé e a coragem que acompanha as pessoas que buscam a JUSTIÇA, A VERDADE, A PAZ, tenham a certeza, AMANHÃ, TUDO SERÁ DIFERENTE!!!

Porque o jogo não acaba aos 90 minutos.

Este é o jogo de NOSSAS VIDAS!!!

Da construção de um MUNDO, muito mais que apenas um país, MELHOR!!!

E ele, o jogo, permita-me lhe informar, não acaba quando eles apitam, e, nem mesmo acaba quando termina, pois não sabemos quando é o final.

É por isto que quando sofremos um revés, voltamos mais renovados e mais decididos, pois os pilares que nos sustentam são os mais FORTES que poderiam ser feitos: Amor, Verdade, Justiça, Fraternidade, Igualdade e Liberdade.

Para voar até onde nossos sonhos possam nos levar.

E a vida, para quem pensa e age assim, sempre nos reserva GRANDES SURPRESAS, porque, como pensava John Lehnon, e nos é contado na música “Imagine”, NÓS SONHAMOS JUNTOS, e, não importa como tudo vai acabar, porque o que é verdadeiramente importante é o caminho, e nele, fomos felizes…

…TODOS JUNTOS!!!

mesmo com eles, “todos soltos”.

 

Fábio Brito – Santa Catarina.

Anúncios

SOBRE NOSSAS CABEÇAS!!!

Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta,

formará um público tão vil, como ela mesma.

 Joseph Pulitzer.

Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas

oprimidas e amar as pessoas que oprimem.

Malcolm X.

 

Agradecemos ao VioMundo, por divulgar vídeos gravados por brasileiros, em diversos idiomas, denunciando o GOLPE JURÍDICO MIDIÁTICO PARLAMENTAR,  que está em curso no Brasil neste momento.

Alertamos para todos que, como tem sido denunciado nos mais diversos blogs por todo o Brasil, este GOLPE, tem sido preparado, tem sido gestado, já faz algum tempo e o seu formato, como o vemos agora, num conluio entre a imprensa hegemônica brasileira, parte do Judiciário e alguns parlamentares, começou a ser organizado com a deposição do Presidente legitimo de Honduras, Manuel Zelaya, em 2009, e, em seguida, o promovido no Paraguai contra o presidente eleito, Fernando Lugo, em 2012.

As pessoas que normalmente não se interessam por política, como se isto fosse somente uma coisa suja, e participasse dela somente aquelas pessoas comprometidas com o pior que a humanidade pode possuir e apresentar, precisam entender que, não participar da política, que, por fim, é o que define como nosso mundo funciona, tanto localmente quanto em nosso Estado, País ou Planeta, é o que permite que gangsteres permaneçam a comandar nações inteiras.

Quando não buscamos nos inteirar, cotidianamente, acerca dos assuntos do mundo político, ficamos à mercê das opiniões distorcidas de uma mídia que busca nos manipular. Precisamos abrir os olhos, precisamos acordar, definitivamente!

E nós, que nos definimos de esquerda, temos muita responsabilidade nisto. Não podemos abdicar de nossa responsabilidade em esclarecer as pessoas, e, dessa forma, precisamos ter bem claro que, classificar pessoas como coxinhas, burros, acéfalos e demais adjetivos, não nos torna diferentes daquilo que a direita faz.

Precisamos ser um pouco melhores que isto, e o debate franco, direto e objetivo, mostrando argumentos sólidos, será, sempre a melhor saída. Não podemos afastar as pessoas menos esclarecidas da verdade, caso contrário, estaremos demonstrando que, também, não temos ideia do real poder que o SISTEMA OPRESSIVO E EXCLUDENTE, que impera em nosso mundo, detém, ou seja, não seremos mais que COXINHAS PINTADAS DE VERMELHO.

Quando jovem, tive acesso a um texto de Bertold Brecht, que me fez despertar para as minhas atitudes como ser humano e me fez ver as consequências que cada ação minha poderia ter para com cada habitante deste planeta, a que chamamos de TERRA. Eram, então, os anos 80, e possuía cerca de dezesseis anos quando li o texto, O ANALFABETO POLÍTICO. Foi como se recebesse um soco no estômago, e acordei para vida, passando a me interessar mais para os assuntos políticos e, também, passei a policiar mais minhas atitudes, passando a ver que a política estava presente em cada pequeno gesto nosso.

Quando escutava que todo os políticos eram ladrões, observava que isto era mentira, pois bem perto de mim, conheci exemplos fabulosos que desmentiam, categoricamente, esta informação.

Posso dizer, e aqui presto uma singela homenagem a duas pessoas de minha família, que me ajudaram a ser, efetivamente, quem sou, e agradeço muito a Deus por ter colocado em meu caminho o meu pai, GERCY ALVES DE BRITO e meu avô, OLAVO GIL DA SILVA JÚNIOR, cujos nomes escrevo em caixa alta, para dizer do orgulho que sinto, em ter tido estes dois EXEMPLOS MAIÚSCULOS e expoentes grandiosos do que de melhor podemos encontrar na política e na Humanidade.

As duas pessoas de que falo acima, saíram da política com patrimônio menor do que entraram e jamais se envolveram em esquemas de desvios de dinheiro público. Guardarei-os, para sempre, em meu coração e em minha memória.

Numa época em que era quase inexistente os instrumentos de fiscalização, isto era muita coisa, e, o fato, é que não importa quantos instrumentos se crie para fiscalizar bandidos, eles sempre irão criar alguma maneira de burlar o sistema, porque, afinal de contas, quem tem caráter irá buscar agir corretamente em qualquer lugar onde esteja, mesmo que tenha certeza de que não tenha ninguém a observá-lo. No entanto, para quem não tem caráter, nem pena de morte segura.

Parte destas histórias de minha família e da minha terra, podem ser encontradas no livro da Sra. Terezinha de Azevedo Alves, que leva o título Potiraguá em Suas Mãos. Partilho, com alegria, com você que me lê, uma entrevista concedida por ela a Sra, Edna Peixoto, orientadora do PNAIC (Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa) da referida cidade.

Carrego comigo, portanto, o melhor DNA de pessoas humanas e que entendiam a política como a possibilidade de intervir em nossa sociedade, para proteger as pessoas menos favorecidas e menos afortunadas pela vida. Pessoas que não entendiam a vida como, apenas, um exercício diário em busca do acúmulo de riquezas, visando uma opulência sem sentido, mas, principalmente, a possibilidade de buscarmos ideais como a fraternidade entre nossos irmãos.

Voltando ao assunto em questão, que é da maior gravidade e urgência, as pessoas que não se interessam pela política, jamais irão entender o que é a força da opressão que se abate em nosso país e que, nem mesmo, as decisões que foram tomadas e que estão a interferir nos nossos destinos, foram gestadas pela nata do centro mundial, bem longe de nossas fronteiras, mais precisamente nos ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA.

Como a maioria da população está acostumada a usar uma viseira, à semelhança da que usa-se, ainda hoje, no gado ou em cavalos, não conseguem perceber que caminham por este mundo completamente “bitolados”, onde lhes é permitido apenas, quando muito, trabalhar arduamente, para enriquecer alguns poucos. Os tais 1% da humanidade.

Prova do que estou dizendo, e que passou despercebido a milhares de pessoas que saíram às ruas em protesto contra Dilma na intenção de depô-la, são as ondas que atingem o mundo todo, de tempos em tempos, e que visam moldá-lo ao gosto e ao figurino do que esperam aqueles 1%.

Há, não muitos anos atrás, diversos países do globo, passaram a adotar, como nos EUA, o sistema de reeleição, inclusive o nosso país.

Assim ocorreu com a Argentina e a Colômbia, por exemplo, que tinham no poder agentes do capital internacional naquele momento. Carlos Menem na Argentina e Álvaro Uribe, na Colômbia.

A direita mundial, no entanto, percebeu que os povos se levantam e buscam mudanças que alterem sua condição de vida, mesmo com forte controle de empresas de mídia, mesmo com assassinatos e subornos a agentes públicos da Justiça, polícia e demais. É difícil conter o curso de um rio.

Washington, hoje, muda de ideia, e manda parlamentares de todo o mundo a retirarem o instituto da reeleição. A Colômbia já o fez em 06/15 e o Brasil se prepara para obedecer as ordens dos bandidos internacionais, pois vários parlamentares já falam abertamente sobre este assunto.

Tem sentido! Está ficando caro, para os EUA, financiar golpes e desestabilizações pelo mundo afora, além de todo o investimento que se faz para montar uma farsa de democracias nestes países. Mais garantido é dificultar o acesso ao povo ao centro das decisões, mantendo uma “aura” de democracia, como, aliás, é o próprio sistema eleitoral dos EUA, com forte influência do poder econômico das corporações e onde, absurdamente, um presidente pode ser eleito, mesmo tendo menos votos que o que foi derrotado.

Em breve, o assunto em moda, além do fim da reeleição, será a reforma no sistema eleitoral brasileiro. Palavras como, voto distrital, voto distrital misto, votação fechada, verticalização, cláusula de barreira, parlamentarismo, entre outros, estarão em discussão.

A direita espera chegar o escript para saber como agir, a ordem por enquanto, é derrubar, da forma mais “democrática” possível, a presidenta Dilma. Sem dar muito na pinta, o velho e surrado golpe nas repúblicas bananeiras.

Leis anti terrorismo tem sido aprovadas, nos mais diversos países, sob inspiração fascista, e ditada por Washington, aos títeres do terceiro mundo. O que acontece com estas leis é que, os EUA, estão a preparar o terreno para governos submissos à sua política, em países de terceiro mundo, com instrumentos que os permita serem mais longevos e estáveis. Não é por outra razão que se preparam legislações sob medida para afastar o povo do centro de decisão, através de reformas eleitorais, inclusive.

Quando um líder da direita assumir um determinado governo, tenha certeza, estas leis serão aplicadas severamente contra o povo, que será, então, tratado como terrorista, por buscar intervir, legitimamente, nos governos do seu país.

O dinheiro busca manter a sua hegemonia sobre a razão. A ALCA, abortada no Brasil e em toda a América Latina, devido à ascensão ao governo brasileiro de LULA, era a impostura seguinte, acalentada pelos donos do mundo. Eles ainda não desistiram e promovem, por todo o globo, diversos tratados de livre comércio, que se colocam, para a soberania dos povos, como algo extremamente danoso. TTIP, TTP, TiSA, estão sobre nossas cabeças neste instante e poucos são, os que se dão conta do que podem representar para cada um de nós.

Pena de morte e redução da maioridade penal, estão na fila para serem implementadas na América Latina e demais países periféricos.

Não queridos, estas ideias não são dos brilhantes parlamentares brasileiros como Bolsonaro, Aécio e demais, eles, apenas cumprem ordens, capachos e lacaios vis que são, do PODER DA METRÓPOLE, eles não passam de CAPITÃES DO MATO, cumprindo ordens para subjugar seu próprio povo, para manter um pequeno status e conseguir roubar uma pequena quantia da farta riqueza que temos.

Manter nosso povo sob jugo da moderna chibata, é a tarefa destes senhores e dos demais de nossa direita apátrida.

As aves de rapina, estão assanhadas sobre nossas cabeças, resta saber que destino daremos a elas. Se estivermos, de verdade, buscando ser um povo autônomo e capaz de buscar o seu próprio destino de forma independente, como, talvez, nunca tenhamos sido por completo, a encruzilhada da história se aproxima perigosamente diante de nossos olhos.

É chegada a hora de separarmos as crianças dos homens, o joio do trigo.

Neste momento grave de nosso país, podemos escolher defender a nossa DEMOCRACIA, nos posicionando de forma clara e indubitável, em defesa do Governo Federal que tem à frente a nossa Presidenta Dilma Vana Roussef, ou, ao contrário, ficarmos de tergiversações mil e argumentações intelectualizadas e vazias, algumas até válidas, sobre as diversas traições do PT ao povo brasileiro que, não sejamos cegos, houveram várias, diga-se de passagem, mas que, nos trarão um único resultado, um retrocesso sem precedentes.

Num futuro, possível, dos desdobramentos da crise política em curso, está uma possível inviabilização do país, através da divisão territorial do mesmo. Através de um fatiamento do nosso território o que  se busca, nada mais, é nosso enfraquecimento no mundo, para tornar inviável um possível enfrentamento do PODER DE WASHINGTON, sozinho ou em composição com os demais países do BRICS, por exemplo.

Não nos enganemos, o BRASIL é um país grande e de treze anos para cá, se inseriu no mundo como o fiel da balança, que pode afiançar um destino melhor para o mundo ao se contrapor à liderança TERRORISTA que os EUA impõem a todos os povos.

Que Deus nos dê força e sabedoria para não nos amedrontarmos e agir com a sabedoria que a situação exige de cada um de nós, buscando a melhor saída para o nosso querido e amado Brasil, mas, não nos esqueçamos dos demais povos que passam pelo mesmo problema que estamos passando neste momento, porque, muito mais que lutar e defender nossos ideais, somos um povo pacífico que, muito além de pensar em si mesmo, é capaz, mesmo nesta hora, de demonstrar solidariedade aos demais que necessitam.

Nossa solidariedade a Cuba, Venezuela, Haiti, Honduras, Paraguai e PALESTINA. Não nos esqueçamos deles ao denunciar ao mundo o que está se passando no Brasil. Bandeiras e cartazes com mensagens a estes povos são bem vindas, porque, sabemos, o mundo não gira ao redor de nossos umbigos.

De pessoas de coragem é do que precisamos agora!!!

F. B. – S. C.

Quando pessoas “sem noção” não defendem sua nação.

“O trabalho dignifica o homem”

e o ócio dignifica o patrão dele. Fábio Brito.

 

 

Algumas pessoas estão tão acostumadas a viverem situações absurdas que perdem a sensibilidade quando estão diante de uma, e, pior ainda, não percebem as sandices próprias e as atitudes insanas de que são capazes de cometer. A estas pessoas damos a alcunha carinhosa de “sem noção”.

Geralmente são pessoas que tem preguiça de ler, de buscar interpretar as coisas da vida, que não se preocupam em saber como as coisas funcionam, por que funcionam de uma determinada maneira e quem é que definiu que assim seria. Passam pela vida levadas pelos ventos, correntes, isto quando não permanecem aprisionadas a elas e, no mais da vida, tem a liberdade “apenas” de se deslocar de casa para o trabalho e do trabalho para casa se arrastando pelos ônibus da vida numa tristeza de dar dó, se arrastando feito zumbis que mal se aguentam acordados, no deslocamento diário a que estão submetidos para cumprir suas obrigações cotidianas de uma vida sem sabor, sem amor, sem sonho.

No entanto, surpreendentemente, encontramos muitos “sem noção” entre as pessoas mais bem aquinhoadas pela vida e que tiveram a sorte de ter uma educação de maior qualidade que a maioria dos pobres mortais com os quais esbarramos diariamente, e, então, nos perguntamos, como pode?

Fazendo um paralelo com os dias que correm num país que chamamos de Brasil, nos dias de março de 2016, onde precisamente hoje é dia 17, perguntamos: Como pode pessoas que ontem sonegaram o duplo grau de jurisdição a petistas e aliados, quando do julgamento da ação penal 470, o famigerado e conhecido MENSALÃO do PT, direito garantido pela Constituição brasileira a quem não tem foro privilegiado, devido ao cargo que ocupa, saírem hoje às ruas a protestar que LULA, “se refugie” neste dito foro privilegiado para não ser caçado e humilhado por juízes de primeira instância, mais interessados em fustigá-lo, e prendê-lo, mesmo sem provas, para ver quem consegue mais graças da mídia mafiosa e bandida nacional pelos DESserviços prestados a esta elite putrefata e que só assim se garante na crista da onda?

O que mudou, se há bem pouco tempo estas mesmas pessoas se regozijavam quando recebiam o veredito dos juízes do STF, ao condenar pessoas ao arrepio das leis e da Justiça, impondo-lhes o encarceramento mesmo sem possuir provas para condená-los e porque “a literatura jurídica assim permitia”???

A que se presta o prêmio da GLOBO, o INNOVARE??? O que está por trás de uma empresa de mídia que resolve elaborar um prêmio destinado às iniciativas na área jurídica senão o estupro à independência do Judiciário brasileiro?

Podemos dizer, sem sombra de dúvidas, são absolutamente “sem noção” e tudo o que dizem e fazem não são de moto próprio e sim devido às cordinhas que estão sendo manipuladas por uma mídia criminosa que existe no Brasil.

Quem em sã consciência iria abdicar da possibilidade do duplo grau de jurisdição, sabendo que os processos no Brasil andam no compasso das lesmas e que, ao final, irão gozar de liberdade total, pois quando tais processos chegam ao fim, seus crimes já estarão prescritos? Afinal este não foi o destino do MENSALÃO DO PSDB, carinhosamente apelidado por nossa mídia como MENSALÃO MINEIRO para desviar o foco do partido querido desta mídia?

Todos os bandidos estão soltos!!! Onde está José Roberto Arruda??? Pego com a “boca na botija” embolsando dinheiro “vivo” numa gravação, numa filmagem??? Pasmem!!! Sentem-se para não cair e observem a notícia a seguir retirada do G1, da GLOBO.

Arruda

 

Inacreditavelmente o Sr. Arruda, está solto, livre, leve e faceiro. Como PROFESSOR, ninguém o incomoda. Você acredita que isto seria possível com José Dirceu? José Genoíno? Algum filho do LULA, pode trabalhar em paz? Ter empresas e lutar por sua própria vida? Não amigo(a), não pode, pois a estas pessoas a mídia persegue dia após dia e seu desejo é que morram secos e jamais tenham paz e sucesso na vida. É absolutamente imperdoável as pessoas que defendem o povo e confrontam uma sociedade projetada para dar os prazeres a apenas 1% da população.

A GLOBO escondeu um helicóptero recheado de cocaína, cerca de 450 kg de pasta base de cocaína. Então este helicóptero sumiu, ou melhor, nunca existiu. A qual político pertencia? Ele está preso? A quem o SENADOR dono do helicóptero era aliado e amigo? Quem pilotava o helicóptero? Onde foi apreendido? Em terras de quem? Estas informações não chegaram à maioria da população. Ninguém terá o direito de chegar às suas próprias conclusões a este respeito e em relação há muitas outras questões cruciais na vida de cada um de nós, simplesmente, porque um conluio entre empresas de comunicação resolve que o povo não pode ter acesso a “certas notícias”.

LULA continuará a ser “investigado”, só que agora pelo STF, aquele mesmo TRIBUNAL que condenou petistas, sem provas, em um tribunal de “exceção” sob forte pressão da mídia mafiosa brasileira.

Como é mesmo que as coisas funcionam? Ainda ontem se comemorava que o STF tenha condenado pessoas do PT que não tinham foro privilegiado, e portanto direito a serem julgado, primeiro, nas instâncias inferiores, e agora se reclama que o LULA tenha recorrido a ele?

Hoje o Supremo Tribunal do país não presta? Não serve mais? Para uma informação mais correta a bandidagem aqui no Brasil corre do Foro Privilegiado do STF para serem julgados nas instâncias inferiores, pois sabem que a demora do Judiciário brasileiro irá fazer prescrever seus crimes, e, ademais, a blindagem midiática, e a não exibição dos seus malfeitos nos noticiários irá fazer a opinião pública esquecer os acontecimentos, pelo simples fato de que o que a gente não vê não existe, assim pensam eles.

Então, deixa eu ver se entendi direito, deveria LULA se submeter a juízes de primeira instância, que, nitidamente, sem prova alguma, quer encarcerar ele, apenas por perseguição política???

Lula se junta à Dilma para reforçar o campo progressista e para defender um Governo que defende o povo brasileiro, inclusive em sua soberania, defendendo o uso de nossas riquezas pelo nosso povo.

O que os outros querem é exatamente a divisão do campo progressista, a destruição da Democracia através da deposição de uma presidenta eleita pela maioria de nosso povo, mesmo sob bombardeio midiático cerrado e com os milhões dos grandes capitalistas a financiar políticos lesa pátria.

Por que não divulgar o outro lado da moeda? O Ministério Público tem total liberdade hoje no país, não se submete a critérios políticos porque assim, este governo, perseguido por todos os lados, o faz, de forma absolutamente republicana.

Por que não se divulga, que este “JUIZ” que está a perseguir o LULA, cujo alvo da OPERAÇÃO LAVA JATO sempre foi ele, grampeou a presidenta da República do Brasil, de forma ilegal e afrontando a nossa Constituição, simplesmente para gerar um tumulto e uma desordem tais que justifiquem, inclusive, um GOLPE MILITAR??

GOLPISTAS NÃO PASSARÃO, IREMOS DEFENDER A NOSSA DEMOCRACIA E O ESTADO DE DIREITO.

Fábio Brito – Lages, SC.

Lula Já Foi Preso? – O Estado de Direito em Frangalhos no Brasil.

A prisão não são as grades e a liberdade não é a rua.

Existem homens presos na rua e livres na prisão.

É uma questão de consciência. Gandhi

Com carinho para o Juiz Moro,

preso a compromissos com poderosos grupos econômicos.

 

“Quem cala consente”, como uma poderosa lâmina a ameaçar nossas consciências, nos informa o ditado popular, mas, que mundo é este que nos faz calar diante de situações absurdas e inaceitáveis? Como podemos afrontar, a todo instante, situações de descalabro humanitários e buscar ter “uma vida normal” entre nossos semelhantes?

Não amigo, me desculpe, mas se você quer ter uma “vida normal”, neste mundo em que vivemos, alguma coisa está errada em você. Por mais que você acredite que seja possível, não o é, pois, seja em que direção você olhe irá se deparar com situações de injustiças. Seja em que país você viva, em que regime esteja submetido, no Comunista da China ou o da Coréia do Norte, ou o Capitalismo dos E.U.A. ou o do Brasil, se você convive bem com as situações em que se depara, algo está doente em sua alma. Desculpe-me ser eu a lhe informá-lo.

Há sete meses incompletos, escrevi meu último “post” em que nele relatava que na cidade de Itarantim, na Bahia, onde morei de 03/2014 a 11/2015, estava a procurar “um empresário honesto e não encontrava” e isto foi o bastante para que algumas “pessoas importantes do lugar”, que se identificavam com a descrição contida no texto e não daqueles que eu buscava, fosse “comentar”, em meu trabalho, de sua insatisfação com o que lera e, na sequência, ouvir a sugestão de minha colega de trabalho que não escrevesse mais, pois isto poderia “me trazer problemas, e que tomasse cuidado pois tinha família e filho”.

Não, quem não sabe o que é o PODER não pode saber o que se passa em nosso país e em nosso mundo. Quem nunca enfrentou as forças de pressão que emanam deste poder, não sabe do que falo.

Acolhido, desde novembro passado, na aprazível cidade de Lages, que tem um povo alegre e vibrante, que muito se parece com as pessoas na Bahia e me fazem sentir em casa, em pleno interior de Santa Catarina, a cerca de 2.000 Km de  Itarantim, retomo minha atividade de blogueiro, com a consciência de que, muito em breve, poderei ter o mesmo incômodo que tive na cidade de Itarantim, porque, afinal de contas, quem quer ter uma vida tranquila, quem quer viver em paz, faz como nos relata a cantora Elis Regina: “Fique em silêncio… Não conteste… não fale nada sobre as injustiças, não se exponha, não reaja e talvez você viva em paz, afinal, não está incomodando ninguém. Talvez apenas não consiga dormir por causa dos gritos que vêm de dentro da sua alma clamando por JUSTIÇA”.

Agora imagine, se um simples texto que não falava de ninguém em particular e relatava uma situação corriqueira no país, mais até do que a própria CORRUPÇÃO, a SONEGAÇÃO DE IMPOSTOS, me trouxe problemas, como podemos acreditar que existe alguma “imprensa livre” em nosso país? Se, mesmo trabalhando em uma empresa “pública” e sendo concursado, poderia ter incômodos em meu trabalho e passar por ameaças e pressões, por que não os demais blogs que hoje enfrentam ameaças de processos que os inviabiliza financeiramente devido à força do poder econômico?

A única e verdadeira “IMPRENSA LIVRE”, aqui e alhures, é a imprensa que se perfila ao lado das elites, do status quo, que sustenta as iniquidades e injustiças, que alimenta o poder dos insensatos e sufoca a alma dos justos.

Não era à toa que esta imprensa vil e abjeta, sustentava e sustenta gente como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, cujo governo protagonizou escândalos como o COMPRA DA REELEIÇÃO, SIVAM, PROER, PRIVATIZAÇÕES, BANCO MARKA E FONTE CINDAM e inúmeros outros, todos aboletados e sem investigação adequada por uma imprensa irresponsável e que só defende os interesses de seus proprietários, Globo à frente.

A lição que temos que aprender agora é que se não pusermos fim a este formato em que se encontra o sistema de comunicações do Brasil, jamais teremos democracia alguma, pois alguns terão o poder de achacar, enxovalhar reputações, com alegações mais estapafúrdias e absolutamente sem provas, ou mesmo indícios, e, mais sério que tudo, de pressionar juízes para que julguem de acordo com suas conveniências e interesses.

Não podemos aceitar que em nosso país o PODER JUDICIÁRIO seja um ANEXO DA MÍDIA, obedecendo e atuando de acordo com a pauta do dia, determinada pelos proprietários dos veículos existentes.

Não precisamos derramar sangue como nas revoluções tradicionais, basta que não nos calemos e nos coloquemos, de forma clara, ao lado das aspirações de nosso povo, da Justiça, da verdade, que são forças que ninguém consegue deter.

Não podemos aceitar um mundo onde os 1% de sua população valham mais que todos os demais. Não podemos aceitar um mundo onde somente estas pessoas detenham o poder de informar, alterando a verdade e pintando o Demônio como se Deus fosse.

Lula cometeu um erro lamentável, se calou quando companheiros seus eram presos em tribunais “de exceção”, sem provas, em pleno ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO. José Dirceu, José Genoíno e todos os demais, assim foram presos e nos calamos. Sejam eles culpados ou não, como podemos tolerar que, quem quer que seja, possa ser encarcerado desta forma? Basta a imprensa gritar “CORRUPTO” e enviamos ao calabouço? Queimamos na fogueira?

A respeito deste assunto escrevi num texto de outro blog: ACM NETO, em um debate com José Pellegrino, para a prefeitura de Salvador, aproveitando o bombardeio midiático acerca do assunto do Mensalão, pergunta para o Pelegrino se ele continuaria defendendo seus companheiros de partido após estes terem sido condenados pelo STF por formação de quadrilha e corrupção ativa.

Ao ser confrontado pelo seu oponente sobre o escândalo do Mensalão do DEMO, com o governador Arruda, comprovadamente pego em filmagens escabrosas, informou que seu partido o expulsou no primeiro momento.

Não é bem verdade. O fato é que integrantes de uma família sabem muito bem o que tem em seu sangue, em seu DNA, e não poderiam deixar seu partido ser exposto diariamente com provas tão absolutamente claras e contundentes. Mas não foi no primeiro momento como ele informou, pois este foi gasto tentando acalmar os ânimos do colega para que ele não jogasse a m… no ventilador, e, após combinarem pelo silêncio deste, e a sua resignação, vai saber de que forma obtida, então, e só então, o expulsou.

Mas, diante da falta de resposta do Pelegrino a se ele continuaria a defender os companheiros agora condenados, me permito a responder:

– Não se abandona um amigo ferido à beira da estrada.

Lugar de corrupto é na cadeia, porque eles são os responsáveis por haver tanta miséria e injustiça no mundo.

No entanto, saltam aos olhos que a condição para existir um corrupto é que sua vida pessoal, financeira e patrimonial esteja muito além daquilo que suas posses oficiais lhe permitiriam manter.

Este fato não existe no caso em questão, pois o José Genoino, Delúbio Soares e José Dirceu não vivem além de suas posses, nem aumentaram o patrimônio como seria de se esperar de pessoas qualificadas como de alta periculosidade, como quer fazer parecer o STF.

Aos meus companheiros dedico a presunção de inocência que você não poderia, jamais, dedicar aos seus, por conhecê-los e saber como agem, que, por fim, é a mesma forma que seu avô e sua família usaram para amealhar o patrimônio e poder que detém hoje.

Por fim acredito que, em seu devido tempo, que certamente não será tão rápido quanto o STF fez correr este julgamento para poder ajudar a vocês do DEMO e do PSDB nestas eleições, a responsabilidade de cada um será aferida, e, certamente, o nosso povo vai entender um pouco mais da história de nosso país e perceber que, os que estiveram ao lado dos que prenderam e torturaram a mulher que hoje é a presidente de todos os brasileiros e brasileiras e que por eles é querida (nota: a aprovação de Dilma estava próxima dos 70%), continuam a ser exatamente aqueles que sempre viraram as costas para todas as suas aspirações de cidadãos.

Alguns avaliam que se o LULA se voltasse contra o império Globo e demais veículos de desinformação brasileiros, no início de seu primeiro governo, não duraria seis meses, é verdade, temos que concordar, embora não saibamos como se dariam as coisas de verdade. No entanto, cada um de nós, a partir deste instante, não pode dizer que não sabe do futuro por não ter uma “bola de cristal”.

A prova incontestável do absurdo poder desta imprensa irresponsável e mafiosa que “manda” no Brasil, mesmo que seu povo não mais a siga e não eleja os ungidos e promovidos por esta, é a diferença brutal do tratamento dado a Eduardo Cunha, por exemplo, e Delcídio Amaral.

Um foi preso flagrado por declarações imbecis ao telefone e outro, mesmo com fartas provas contra ele, está a comandar a “casa do povo” nitidamente usando o cargo para dificultar processos contra si mesmo e comandando o “impedimento” de uma presidenta eleita democraticamente pela maioria do povo brasileiro e contra qual não existe denúncia de crime de responsabilidade algum, que poderia retirá-la do cargo para o qual foi eleita.

Desnecessário dizer aqui que esta imprensa bandida e vergonhosa que temos, não só omitiu de todo o povo brasileiro quem é o bandido que comanda a casa legislativa da Câmara Federal, como o promoveu, exatamente para que pudesse criar toda a sorte de dificuldades, que está criando desde quando foi eleito para comandar a Câmara dos deputados no segundo período de governo de Dilma Vana Roussef, no intuito de derrubar a esquerda do comando de nosso país e colocar no poder aquelas pessoas servis ao capital internacional e destruir, de uma vez por todas, as nossas possibilidades de sermos um país viável. A Petrobrás destruída, ótimo, pensam os sabujos da grana suja.

Quem não se lembra de Severino Cavalcanti? É a mesma história que nos é repetida como farsa, é um “deja vú”, um filme desbotado e estragado que assistimos estarrecidos, sem acreditar no que vemos, agora em versão piorada.

Como sair desta rinha de galo em que “nos meteram”, onde, para delírio dos que movem as cordas dos FANTOCHES, seres pensantes e racionais se arremetem contra aqueles que ousam defender Dilma e seu governo, Lula e/ou o PT? Desmond Tutu, prêmio Nobel da paz, dizia, “Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado do opressor”, iremos ficar neutros? Iremos nos calar?

Eles zombam do povo e riem da carnificina que está prestes a ocorrer. Como abutres, esperam o resultado da refrega para se aproveitarem dos despojos e entregarem, de bandeja, as nossas riquezas para empresas estrangeiras. Não passam de serviçais do poder, submissos a ele, no entanto, podem nos colocar de joelhos se nada fizermos, se nos calarmos, se não agirmos.

Em que pese todos os erros que pode ter cometido o LULA, pelo simbolismo que encarna, de defesa do povo brasileiro, de democracia, de luta pelas injustiças, de um mundo para todos e não apenas o 1% abastado e opulento, pelo ideal de soberania e autodeterminação do Brasil e dos demais povos, tenho que dizer, em alto e bom som, mesmo que o Lula não me conheça e este não seja meu amigo, MEXEU COM LULA, MEXEU COMIGO.

O PT, em muitas questões, traiu, de fato, o povo brasileiro, como na questão da reforma agrária, por exemplo. Um país sério, que se quer pujante e com seu povo com alta estima elevada e soberano, jamais poderá existir com um sistema agrário como o do brasileiro.

O PT não enfrentou a reforma das leis e sistema de comunicações brasileiro, pelo contrário, reforçou este sistema nada democrático e colocou dinheiro público para alimentar o CÉRBERUS na esperança que este se acalmasse e pudesse implementar as políticas que acreditavam poder melhorar nosso país e as condições de nosso povo.

Seria normal e aceitável um mundo em que pessoas como Eduardo Cunha estão soltos, com todas as provas que existem contra ele, sabendo cada um de nós o que é representa e José Genoíno e José Dirceu estejam presos e condenados sem provas porque a “literatura jurídica” assim permite?

Seria normal e aceitável um mundo em que Lula esteja preso e FHC, O PUSILÂNIME, que deixou nosso povo morrer de fome, sem perspectivas, sem emprego, ao mesmo tempo em que comprava votos para se reeleger com apoio dos bandidos corporativos, judiciários e midiáticos, fique solto?

Mesmo que não tivesse um apartamento em Paris de milhões de reais, que seu salário de professor aposentado e de ex presidente, certamente não compraria, isto sem falar na sua fazenda Buritis, apartamento que deu para o filho, milhões arrecadados pelo IFHC mesmo com ele ainda presidente passando o chapéu a empresários no próprio Palácio do Alvorada, bebendo vinhos da adega do Palácio???

Como sustentou sua amante no exterior? De que forma se deu o empréstimo do BNDES para a GLOBO?

A política não é a arte de quem quer falar o que deseja sem embasamento em algo concreto, na realidade. A política é, no fim das contas, a nossa própria vida conquanto ela define como vivemos, uma mostra disto é como se desenvolveram os governos de FHC, LULA e DILMA. Não podemos ficar calados temos que escolher nosso lado, nos posicionar e lutar por aquilo que queremos para o nosso país e para o nosso mundo.

 

Fábio Brito – Lages- SC

O GOLPE! Democracia destruída, soberania aniquilada. Brasil, quem te conduz? Onde estão seus líderes?

“Só existirá democracia no Brasil no dia em que se montar no país a

máquina que prepara as democracias. Essa máquina é a da

escola pública.”

Anísio Teixeira.

Como pode o Brasil, em apenas trinta anos de sua “redemocratização” estar às voltas de um clima de retorno à DITADURA, onde se prega abertamente o GOLPE? Muitos dizem que, se houver ruptura, esta seria sucedida de tumultos, confrontos, depredações e o Brasil vai arder em chamas. Quanta infantilidade!  Vocês estão absolutamente equivocados!

Não haverá confronto! A cúpula do PT é COVARDE e, provavelmente, como na época de Goulart, ficarão a espernear e a denunciar aos quatro ventos, o golpe parlamentar de que foram “vítimas”. Alguém aí pode me dizer em que deu mesmo o recurso do José Dirceu, do resultado do processo da AP 470 na CIDH da OEA?

A única possibilidade de confronto aberto é se a militância petista renunciar a seus líderes postos hoje, Lula incluso, e seguir rumo próprio e revolucionário.

A juventude liderada pela UNE(!?) não vai a lugar algum pois, a UNE não tem credibilidade, nem entre os estudantes universitários. As fraudes em processos eleitorais, em instituições estudantis, era regra em meu tempo universitário, será que mudou alguma coisa em 20 anos? Desde que me entendo por gente a UNE está nas mãos do PCdoB. O que representa este partido para a democracia do Brasil? Como é possível um partido, que se apresenta como quase insignificante, entre a preferência do eleitorado brasileiro, esteja à frente de uma entidade estudantil tão importante, suplantando todas as outras correntes de pensamento existentes, senão pela fraude eleitoral?

Os universitários e jovens, defensores da nossa democracia, defensores das políticas de cotas, defensores do empoderamento das mulheres, dos direitos homoafetivos, estão sem líderes. A UNE e o Movimento Estudantil (DCE’s, UEE’s e Ca’s), recheados de fraudes e ilegitimidades, não os representam.

Nem a população brasileira, nem a juventude universitária, sem qualquer formação política, sairão a enfrentar a polícia, arriscando serem presos ou mortos, por nada. Estarão sem líderes.

Nem Lula, nem Dilma ou qualquer outro, na cúpula de qualquer partido da base do governo, irá radicalizar o discurso. O caminho destes é exatamente no sentido oposto, o da conciliação com os GOLPISTAS. Coisa típica daqueles que, mesmo que não devam nada, parecem que assim o fazem, por terem o rabo preso, e se esquecem que defender o seu povo é algo que transcende ao que eles próprios acreditam que fazem, mas, será que eles se atreverão a perguntar ao povo, que dizem defender, de que forma e com que intensidade devem fazê-lo? Não temos nada que nos indique algo assim, infelizmente!

Os únicos de que se tem notícia, vistos com discurso com um tom acima, são, o CID Gomes, o Ciro Gomes e o Requião. Que farão eles quando o GOLPE estiver posto à mesa e servido frio?

O povo estará num mato sem cachorro, numa revolução sem líderes, a mídia, dará o tom que quiser, caçará (ou seria cassará?) quem quiser, a esquerda não tem canal (importante e de massa) algum de exposição de suas narrativas. Se necessário for, os blog’s progressistas e de esquerda serão silenciados com a simples prisão dos responsáveis pelos mesmos. A acusação? Pedofilia, subversão, incentivo à prostituição, “nacionalismo insurrecional”, queda da escada, escorregão no banheiro, esquerdismo acéfalo ou qualquer outro, não importa, o que importa é que estarão “fora de combate” e ponto final.

Todos os insucessos advindos do governo golpista que se instalará, então, serão debitados na conta da “herança maldita da corrupção desenfreada” adquirida dos governos petistas. O povo, anestesiado, aceitará e seguirá, não se sabe se de lado ou à frente, cabeça caída e olhos postos no chão.

Talvez quem poderá opor alguma resistência será a CUT, mas quem se recorda da época que vivemos no governo FHC, lembrar-se-á do resultado da greve dos petroleiros, serão fragorosamente suprimidos, serão simplesmente esmagados.

Ademais, que moral tem os sindicalistas no processo democrático brasileiro com a perpetuação de algumas figuras como verdadeiros “imperadores sindicais” na maioria dos sindicatos do Brasil, onde a diversidade e liberdade políticas é tão fantasiosa quanto o direito do povo expor suas ideias na Rede Globo? Tão ficcional quanto a disputa política em igualdade de condições entre as correntes ideológicas que existem no meio sindical?

O GOLPE e os golpistas de agora, estão a colocar toda a esquerda brasileira, diante de si mesma. É esperar que esta se reconheça e comece a olhar os seus erros e os absurdos que tem existido em sua prática democrática, para que, de agora em diante, quando passarem a reclamar e protestar contra “golpes” e intervenções antidemocráticas de uma mídia putrefata, corrompida até a medula, e servil a interesses hostis ao do povo brasileiro, passem a fazê-lo com a autoridade de quem fez o dever de casa, e transformou suas entidades em exemplo de democracia, onde se pratica o debate verdadeiro e necessário em busca de condições melhores para seus representados, o Brasil e um mundo melhores.

Enquanto a caravana golpista passa, e a direita cansada de ser surrada nas eleições “democráticas”, resolve que este “jogo” não interessa mais a ela, decretando seu fim, a esquerda pueril e seus intelectuais, irão esmurrar paredes e, quem sabe?, identificar o tamanho de sua ignorância, ao não ter inserido o povo brasileiro na dinâmica de tomada de decisões e ampliando sua participação através de outros mecanismos, além do puro e simples processo eleitoral.

E ainda tem multidões de esquerdistas no Brasil a criticar o “bolivarianismo” do presidente Hugo Chávez, que com os múltiplos erros que possa ter cometido na Venezuela, jamais deixou de identificar o principal objetivo que, a esquerda no poder não poderia deixar para trás, inserir seu povo na tomada de decisões de seu país e dar voz a este mesmo povo, através de disponibilização de canais de rádios e televisões. Através do incentivo das discussões de seus problemas, e intervenção com sugestões e projetos, para a melhoria de suas vidas, através de sua organização comunitária.

Por aqui, a esquerda, através de seu líder maior, Lula, ao tomar posse em seu primeiro mandato, pediu a seu povo e aos movimentos sociais que se acalmassem, que dessem um tempo nos protestos e exigências que, com tempo, seu governo iria implementar as mudanças necessárias para mudar suas vidas para melhor, e o fez, permitiu empréstimos via débito em folha.

A principal revolução do PT foi a permissão do EMPRÉSTIMO CONSIGNADO? Os banqueiros agradecem, a “revolução” está com os cofres cheios. Só falta agora irmos lá nos bancos pegar estes lucros estratosféricos, para financiar o verdadeiro bem estar do povo brasileiro.

Se a principal revolução do PT não foi o advento do empréstimo consignado, de que trata ela, então? A ida da população pobre para a universidade através de empréstimos do FIES?

O fortalecimento dos meios de comunicação mafiosos do Brasil, também, não tem do que reclamar. E aguardam, ansiosamente, os recursos que serão destinados a ela, sejam por qualquer governo golpista que advenha com a queda de Dilma e da derrocada da democracia no Brasil.

A Educação, que pode realmente mudar os rumos de um país e levá-lo a um verdadeiro e orgânico desenvolvimento, teve as suas bases e diretrizes modificadas durante estes treze anos em que?

A esquerda está neste instante, diante de si mesma, esperemos que seus representantes identifiquem a oportunidade que tem diante de si e façam as mudanças necessárias que uma verdadeira revolução exige, mudar a própria postura diante dos fatos expostos e evidenciados para todos. Não há revolução possível, nem mudança verdadeira, se estas não vierem através de um reconhecimento dos próprios erros e a mudança que se faz necessária às atitudes, pois de palavras vive o dicionário e de atitudes faz-se a solidez de nossos sonhos.

Fábio Brito – Bahia.

ARAPUCA OCULTA – O porquê é necessário se dar a conhecer o inimigo. Reunir forças e não lutar sozinho.

“Será mais nobre, na mente, sofrer as pedras e setas da

fortuna enfurecida ou pegar em armas contra um mar de iniquidades e,

em oposição, pô-las a termo?”

A tragédia de Hamlet, de William Shakespeare. Ato III, Cena I

Uma das táticas usadas numa guerra é a ENGANAÇÃO, o embuste, o blefe. É preciso distrair os menos avisados, chamar a atenção para uma atitude que não é o centro das ações, ou, ainda, ter várias ações, onde se pode fortalecer uma ou outra, a depender de onde o oponente se mostre mais fraco.

SUN TZU ensina isto. Fazer o inimigo acreditar num movimento seu, e levá-lo a erro, movimentando suas forças para onde, ou será aniquilada numa armadilha, ou irá perder tempo com o movimento feito, enfraquecendo um determinado flanco, por onde se pretende avançar.

O que estamos vendo em nosso país é uma “guerra”, e os jogadores, de um lado, estão sendo bem informados, estão recebendo suporte de alguém com “expertise” em assuntos relacionados a golpes e desestabilizações de democracias. Esperemos que esta “guerra” fique, apenas, no campo verbal, pois o que se pode seguir a ela, ao se concretizar um GOLPE, pode ser uma carnificina sem precedentes em nosso país, uma guerra civil.

Neste aspecto, vemos várias jogadas da direita, em busca de fechar o cerco contra as esquerdas brasileiras e levá-las ao precipício. É preciso sufocar o adversário e deixá-lo sem fôlego, zonzo, sem rumo. Abater seu ânimo até que, o seu mais ferrenho defensor, desista e abandone o barco, como um rato assustado.

ParabólicaRicupero

ESCONDER O QUE É BOM E MOSTRAR O QUE É RUIM – ANTÍTESE DO RUBENS RICUPERO DOS ANOS FHC.

Não é segredo de ninguém, a mudança de comportamento da grande mídia brasileira, após a ascensão de Lula ao Palácio do Planalto em 2002, vencendo a batalha eleitoral contra o candidato da elite a sucessão de FHC, José Serra.

De um comportamento sempre atrelado ao governo Federal, desde priscas eras, a imprensa brasileira, pela primeira vez, estava do outro lado, e iniciou um jogo pesado contra o Governo Lula. Entra em ação a imprensa mafiosa, onde o “negócio da notícia” passa a ser usado como numa guerra convencional, e, como numa guerra, “a primeira vítima foi a informação”.

A esquerda, no governo, não poderia ter sucesso! Desta forma, a ordem em todas as redações, era agir “à la Rubens Ricupero” só que, desta vez, às avessas, escondendo o que o Governo Federal fazia de bom para o cidadão brasileiro e mostrando o que havia de errado.

AS NOTÍCIAS RUINS ganham “status”. Era preciso criar uma sensação de intranquilidade na população brasileira. Era preciso fazer as pessoas se sentirem inseguras, e, desta forma, a violência passa a ocupar a cena principal nos telejornais. Junto a ela, as notícias de corrupção, antes escondidas, agora são noticiadas, com o devido cuidado de se esconder os nomes dos amigos e exibir como troféus pessoas do PT e/ou seus aliados. É assim que se cria um batalhão de insensatos, dispostos a reverberar as manchetes da grande empresa de mídia, é assim que se arregimenta a horda fascista disposta a fazer o trabalho duro e difícil, de graça, através de agressões e atentados.

Aqueles que se deixam emprenhar pelos ouvidos e olhos, tendo terceirizado a difícil e árdua tarefa de “pensar”, passaram a ser bombardeados, diuturnamente, com notícias negativas, em contradição à época de Fernando Henrique Cardoso.

Era muito sintomático, na era FHC, os jornais esconderem as péssimas notícias sobre a situação do país, apresentando matérias sobre as universidades dos EUA e seus feitos, suas descobertas.

Muito interessante quando terminavam os telejornais com singelas imagens de animais. Era o leãozinho nascido no jardim zoológico, era um pássaro multicolorido, que se acreditava extinto. Tudo muito lindo e encantador!!! Era preciso, então, disseminar esperança, otimismo. É assim, que as grandes empresas de mídia, amansam a insatisfação da população e manipulam sua opinião.

E o PT, com tantos intelectuais simpatizantes à sua causa, nada percebia. Nada fazia para estancar esta verdadeira sangria da DEMOCRACIA, patrocinada pelas Organizações Mafiosas da mídia brasileira, GLOBO à frente.

MACARTISMO1

CAÇADA INSANA CONTRA A CORRUPÇÃO – MACARTISMO Á BRASILEIRA.

Chegamos ao momento do MENSALÃO e as pessoas são supersaturadas com a exposição das entranhas da política brasileira, sempre com o cuidado de se buscar convencer ao cidadão, que, o “mal”, tem nome e mora no lado esquerdo do peito. LULA E O PT.

Seguindo nesta mesma toada, o mensalão do PSDB, chamado pela mídia de “mensalão mineiro”, pai de todos os mensalões posteriores, é poupado. Até hoje não foi julgado e, vários de seus protagonistas, estão a rir desmesuradamente da patuleia alienada. Estão “todos soltos”. Diversos crimes prescritos e sem data de julgamento. Vários personagens livres e despreocupados, pois, eles sabem, não serão incomodados.

A grande JUSTIÇA, a justiça maiúscula do Joaquim Barbosa, anda de quatro para a elite do país. Continua a oferecer, aos poderosos, a satisfação da impunidade. Todos riem, é só alegria no reino da “Dinamarca”.

LULA E A DÚVIDA DO IMPEDIMENTO.

Enquanto transcorre o processo do mensalão, a grande dúvida era a questão do impedimento do Presidente Lula. Decide-se pelo seu sangramento, para que chegasse às eleições sem capacidade de reação, sem moral para indicar seu sucessor.

Lamentavelmente, para alguns, a realidade daria um baile nos mesmos. Lula sai das cordas, em que fora colocado por um processo fantasioso, caracterizado por um “julgamento de exceção”, onde juízes julgam e condenam sem provas, com base numa “teoria do domínio do fato”, pois a “literatura jurídica assim permitia”.

Barbosa, elevado a herói nacional pela Veja e Organizações Globo, assim como antes houvera sido o Demóstenes Torres, um dos mosqueteiros da Veja, havia, propositalmente, escondido laudos da Polícia Federal e auditoria do Banco do Brasil, em que mostravam que não havia existido desvios de recursos, uma vez que as peças publicitárias, que se alegavam fictícias para o desvio do dinheiro do Banco do Brasil, foram executadas. Ademais, a VISANET, era uma empresa privada.

EleiçãoDilma2

CONTRARIANDO TODOS OS PROGNÓSTICOS, LULA ELEGE DILMA.

Durante a campanha de seu sucessor, a batalha foi feroz. José Serra começou a libertar os monstros da intolerância que, hoje, estão adquirindo moto próprio. Os projetos de governo foram relegados a segundo plano e evidenciaram-se pautas conservadoras como o aborto.

Como que numa sequencia do que observamos durante a campanha eleitoral, as agressões e boatos contra a presidente Dilma aumentam com o passar dos dias e se intensificam com a sua posse, agora como uma grande e incessante campanha dos veículos de comunicação que buscam desacreditar a presidenta eleita.

Estas se elevam, mais ainda, quando jovens vão às ruas protestando por R$ 0,20 centavos em passagens de ônibus urbanos e reivindicando a gratuidade para estudantes em todo país. A mídia brasileira vê a oportunidade e inicia uma campanha feroz de desgaste da presidenta, visando às eleições do ano seguinte, em 2014.

Com a campanha eleitoral em rádio e televisão, as esquerdas brasileiras vão recuperando o terreno perdido para a imprensa mafiosa brasileira que busca interferir no processo colocando todo seu peso na eleição de Aécio Neves. Nas vésperas da eleição a VEJA antecipa a capa que distribui aos milhares pelo país todo, principalmente em São Paulo. Um escândalo!

Mesmo com muita deficiência em sua comunicação com a população e o acirramento da disputa política em que os opositores não medem as consequências dos seus atos, soltando na arena política todos os fantasmas e monstros temidos, como a intolerância, homofobia, racismo, perseguição a grupos minoritários, manipulação vergonhosa da grande mídia, com destaque da edição da Veja, a três dias da eleição, que espalhou por muitos lugares, a página de capa como panfleto eleitoral contra a Dilma e o Lula, espalhando uma “notícia” que, hoje, com os depoimentos das pessoas relatadas na “reportagem”, sabe-se que foi uma grosseira mentira para alterar a eleição, Dilma é reeleita Presidenta do Brasil.

Com a derrota de Aécio para Presidente e a perda do PSDB do Estado de Minas Gerais para o PT, Aécio inicia uma campanha violenta para manter-se em evidência e encobrir as notícias do seu estado natal, onde o governador Fernando Pimentel, havia iniciado auditoria dos governos anteriores, do PSDB, e descoberto diversas irregularidades.

Sem a preocupação com os resultados sobre onde levariam suas atitudes,  a oposição leva o país a um estado de exaltação dos ânimos e notícias de intolerância, a cada dia, são mais comuns.

As apostas são em várias frentes:

Anulação da eleição. Primeiro Aécio buscou jogar dúvidas quanto a lisura do processo, pedir recontagem e sandices equivalentes, desautorizado pelos tribunais recorre ás doações “ilegais” que teriam sido recebidas pela campanha de Dilma, fato este que tem um apoio no fiel escudeiro do PSDB na Justiça, o ministro Gilmar Mendes, comandante em chefe das forças jurídicas do TUCANISTÃO.

Eleição de um opositor ao governo nas casas legislativas. São eleitos Renan Calheiros e Eduardo Cunha, sendo que, este segundo, declaradamente contrário ao governo e tendo atrás de si várias denúncias de irregularidades.

Projetos lesivos contra o governo nas casas legislativas. Vários projetos são apresentados para enfraquecer mais ainda o governo, desde projetos que aumentam os gastos para o governo num momento de contenção de gastos a projetos de lei que alteram a Lei de Partilha do Pré-Sal, desobrigando a participação da Petrobrás em 30% e a sua participação consequente na exploração de cada poço descoberto.

Impeachment. Através de “argumentos” fantasiosos e falaciosos, busca-se criar uma atmosfera de dificuldades e paralisia governamentais. Usam-se as chamadas “pedaladas fiscais” e diversos outros.

Paralisação do país através da lava-Jato. Dificuldades várias, insegurança jurídica, prisão de diretores e proprietários de empresas e paralisação das empreiteiras e obras visam causar um caos no país, agravando-se ainda mais a crise mundial que passa a atingir mais forte os demais países e começa a refletir, também, com mais força, no Brasil.

TioSam1

Os Estados Unidos estão movimentando suas peças no tabuleiro da América Latina e o Brasil é peça importante para este país manter sua hegemonia mundial, através da garantia da posse de riquezas dos países desta região. A desestabilização de todas as democracias, então, é o motor principal da política atual deste império, que não está a medir esforços para conseguir seus intentos.

Através de protestos engendrados e anabolizados pela mídia vendida destes países, busca-se a queda das esquerdas, contrárias ao poder de Washington. Compras de parlamentares, apresentação de projetos que beneficiem suas empresas em detrimento das dos países de origem de cada um e outras estratégias, como a guerra, entre alguns destes países, pretende-se cercar toda a América do Sul, que tem se levantado e desafiado, sistematicamente, o poder da Águia.

As fronteiras entre Venezuela e Colômbia, são as que inspiram maiores cuidados e, uma guerra entre estes dois países, levaria a Washington a sair em socorro a seu aliado, a Colômbia, contra seu inimigo maior na região, a Venezuela, passando a intervir descarada e escancaradamente contra este.

Com várias bases implantadas no território colombiano, esta tarefa seria mais fácil, esperam eles. Como as estratégias de golpe e desestabilização interna da Venezuela não deram certo, parte-de, então, para a boa e velha intervenção militar direta, com a invasão, pura e simples do país, com os pretextos mais acintosamente injustificáveis que tiverem em mãos, afinal, quem vai se interpor contra eles? Se puderam fazer o que fizeram no Iraque ou no Afeganistão, porque não fariam na pobre Venezuela? Se puderam montar toda a farsa do ATENTADO do 11/09, levando milhares de pessoas à morte, dentro de seu próprio país, o que impediria a eles de fazerem o que querem e desejam no mundo?

Estes fatos tem provocado uma corrida armamentista na América do Sul, principalmente, com seus países buscando reforçar seu poderio bélico, temendo algo mais sério. Silenciosamente, os EUA vão cercando, também, o Brasil, com bases variadas circundando nosso território.

Internacionalmente, a desmoralização do governo de Nicolás Maduro se acentua, mostrando-se cenas de desordem provocadas pelo desabastecimento deste país, como se esta fosse responsabilidade única de erros do governo central e não houvesse um absurdo boicote da elite nacional para provocar a revolta do povo contra seu próprio governo.

Na geopolítica mundial, cada peça, do adversário, que cai, pode levar toda a região a tempos obscuros, vividos a apenas poucos anos, e a um tenebroso período de privação das liberdades e das esperanças de milhões de “sudamericanos”.

Não é hora de dormir. Acorde. Você, queira ou não, foi colocado neste tabuleiro de xadrez. A peça que você precisa movimentar é a sua opinião e a sua coragem para enfrentar, nada menos, que o poder do maior império do planeta, colocando-se ao lado do governo, que realmente está a te defender e dos países que alteraram as condições em que toda a América Latina vivia a poucos anos atrás.

Sua voz e sua opinião, através das redes e nas ruas é esperada pelas pessoas menos afortunadas. A JUSTIÇA  e a humanidade dependem de cada um de nós. GRITE. REBELE-SE!!!

Fábio Brito, Bahia.

Aviso aos navegantes: Não fiquem boiando no rio. Haverá o CONTRAGOLPE.

“Quem não luta por seus direitos não é digno deles”. Rui Barbosa

“Não confunda a REAÇÃO do oprimido com a VIOLÊNCIA do opressor”. Malcolm X

Democracia não é CONCURSO DE POPULARIDADE, a aprovação de governantes aumenta e diminui, por vários fatores, um deles, diz respeito a ACEITAÇÃO da classe dominante, que, quando está incomodada, recorre a desestabilizações de governantes democraticamente eleitos, ajudada por interesses externos.

Não se pode permitir que atentem contra a democracia conquistada depois de muitos anos de lutas e sofrimentos, porque “alguém” não aceita o veredito popular.

Querem nos fazer crer, que depois de uma brutal campanha de desestabilizações dos governos de esquerda no Brasil, que teve princípio na posse de Lula em 2012, e culminando com o momento atual, os índices de desaprovação de pesquisas encomendadas, estando no patamar de 66% contra a presidenta, daria legitimidade a apear um governante eleito por seu povo. Eles se acreditam donos da narrativa, mas não são, e iremos contar a eles “uma outra história”, a de um povo que não se intimida quando os tubarões se lançam contra si.

O percentual que interessa é o da eleição, e este consagrou a vitória de DILMA. Se alguém se chateou com o resultado que comece a trabalhar em projetos que beneficiem o povo, que este, certamente, retribuirá com o apoio na hora certa.

Não iremos aceitar nem permitir mais um GOLPE em nosso país, não mais. Não passarão!!! Continuar com a pregação de GOLPE é aceitar, tacitamente, levar o nosso Brasil a uma DEFLAGRAÇÃO DE GUERRA CIVIL!!!

Que fique bem claro isto, pois iremos defender, não somente nossa PRESIDENTA ELEITA, mas nosso futuro como povo, e nossa nação, dos TÍTERES E ENTREGUISTAS INCONFORMADOS, MANIPULADOS POR WASHINGTON.

Se querem retirar a esquerda do poder, que seja dentro da lei, democraticamente, nas próximas eleições, e não adianta vir com farsas de processos, quando é nítido e VERGONHOSO, que os OPOSICIONISTAS SÃO POUPADOS DE TODOS OS CRIMES DESCOBERTOS CONTRA ELES, inclusive, o escandaloso caso do HELICÓPTERO COM 450 KG DE PASTA BASE DE COCAÍNA DO SENADOR PERRELA. Não seremos mais uma república de bananas, LUTAREMOS POR NOSSA DEMOCRACIA E NOSSO FUTURO!!!

É preciso não só resistir, mas buscar as diversas instâncias e denunciar as pessoas que buscam desestabilizar o Governo Federal, que tem, à frente, uma pessoa legitimamente eleita pela população brasileira. Que se busque a cassação e a punição exemplar, desta gente, pois nossa constituição não permite que se pregue a DERRUBADA DO ESTADO DE DIREITO.

NÃO PASSARÃO!!!

Fábio Murilo Gil Brito.

Itarantim-Ba

P.S.: Não fiz este blog para “parecer jornalista” fingindo imparcialidade, pois para mim isto não existe. Sou filiado ao PT desde 1994 e voto com a esquerda desde a redemocratização do Brasil. Em 1989 votei em Lula, e em todos os anos subsequentes sempre com a esquerda.

No entanto, ter escolhido um lado, o dos oprimidos, não faz a minha opinião menos qualificada que a dos que se posicionam ao lado dos opressores, “sendo imparciais” ou lutando ao lado deles. O real valor de uma opinião, se mostra, de forma diversa ao que tentam nos convencer, quando esta se revela estar ao lado de fatos concretos, em busca da Justiça e defendendo os oprimidos, o resto é conversa fiada.

A imparcialidade existe somente nas cabeças dos INOCENTES ÚTEIS ao sistema. No momento em que NOSSA DEMOCRACIA ESTÁ PARA SER GOLPEADA, ser imparcial, significa se posicionar ao lado dos poderosos e opressores, pois, logo à frente, se revelará o nosso real destino, caso não façamos nada para impedir o golpe que se anuncia.

Depois de executado, não adiantará nada fazer alguma coisa, a democracia já terá sido aniquilada pelos facínoras de sempre.

Ser de esquerda, ser filiado ao PT, no entanto, não significa apoiar erros e arbitrariedades de quem quer que seja. Que se puna todas as pessoas que cometam erros, TODAS, sejam de que partido forem, e não apenas os que cometem erros do lado de cá. Precisamos de uma JUSTIÇA MAIÚSCULA, que pare de servir aos interesses dos ricos e poderosos e olhe com mais carinho e atenção para o nosso povo. É preciso dar um basta aos privilégios reais que uma casta tem em nosso país.

POEMINHA DO CONTRA

“Estes todos que aí estão,

atravancando meu caminho,

eles passarão,

eu passarinho.”

Mário Quintana.