PSDB, PARTIDO XIITA RADICAL? Qual a posição do partido e seus integrantes quanto à pregação de GOLPE que vemos hoje???

“De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto.”

Rui Barbosa.

“A raiva e a intolerância são inimigas da compreensão correta”

Mahatma Gandhi

Quem nunca ouviu falar que o PT era um partido radical e de xiitas?

Nos idos de 1989, época da primeira campanha para a presidência da república após a redemocratização do país, a “mídia isenta” de direita, criticava o Partido dos Trabalhadores de ser um partido de radicais, e, como estava em moda a ideia de chamar qualquer um que assim se apresentasse, de “xiita”, a intenção era fazer uma ligação com este grupo político religioso, remetendo ao Irã da época. Simplificadamente, tentava-se passar, pelo poder dominante que agradava a Washington, que os xiitas eram, simplesmente, terroristas deste país.

Por que será que não vemos nenhum jornal ou emissora de televisão, se escandalizar com a pregação da quebra do ESTADO DE DIREITO no Brasil, pelos membros da direita, com o PSDB e DEM à frente? Por que será que estes veículos de “informação isentos” da direita, Globo à frente, são tão distraídos, e não chamam estes GOLPISTAS pelos que eles são, e demonstram ser, agora à luz do dia e à vista de todos? O que seria este agrupamento de pessoas que pregam a quebra do ESTADO DE DIREITO, e a derrubada da Constituição do nosso país, que não RADICAIS IRRESPONSÁVEIS? Será que esta mídia imprestável se esqueceu do termo “XIITA”? Ou será que saiu de moda?

Seja qual for o motivo, e no fundo todos nós sabemos, devemos perguntar, diretamente aos políticos que tem aderido aos protestos, o seguinte: Observando que diversas pessoas tem proposto a derrubada da Presidenta Dilma por forças militares, a sua morte, ou a sua destituição, sem qualquer embasamento na lei brasileira, de que forma os senhores se posicionam quanto a isto? Vocês apoiam tal posição dos manifestantes, mesmo sendo contrárias ao que nossa Constituição estabelece quanto à retirada de um governante do poder? Se não concorda, por que não emitem, por escrito e através de vídeo, um nota de repúdio com toda veemência que a ocasião exige dos senhores(as), com relação á defesa de nossa Constituição e do Estado Democrático de Direito? Caso vocês não se proponham a assim fazê-lo, estariam dispostos a comparecer diante da Justiça, para responder processo movido pelos cidadãos brasileiros, contra sua pessoa, por estarem pregando ou apoiando MOVIMENTOS GOLPITAS?

A DEMOCRACIA não é um jogo em que você desiste de participar porque seu time está perdendo. Não é um jogo em que você decide não participar porque as regras permitem que o outro ganhe, e então resolve, por si próprio, mudar as regras para garantir êxito diante dos demais.

Quem não aceita as regras do jogo democrático no Brasil, estabelecido em diversas leis, desde a Constituição até as Leis Eleitorais, não pode e nem deve participar mais do jogo, deve ser impedido, tem que ter seus direitos políticos cassados.

Não se pode permitir em nosso país desestabilizações de governos, pelo simples interesse em destruir as possibilidades eleitorais do partido e do governante que esteja à frente nas próximas eleições, ou substituí-lo durante o seu mandato, sem que ajam razões descritas pelas leis vigentes e sem obedecer aos ritos previstos.

Cada um de nós, cidadãos brasileiros, deve exigir que os diversos órgãos de Justiça de nosso país, venham nos proteger desta gente insana, que não se preocupa com nada à sua frente a não ser o louco desejo de possuir a caneta do poder em suas mãos, para se beneficiarem e enriquecerem, desmesuradamente, pouco se importando com o nosso destino como povo e como nação, aceitando, para isto, submeter-nos, a todos, a TOTAL ANIQUILAÇÃO DE NOSSA SOBERANIA.

Não se pode aceitar qualquer outra atitude dos “que se dizem DEFENSORES DO POVO”, que não a denúncia veemente, de todos os que se refestelaram com os GOLPISTAS, exibindo sorriso nos lábios, ao se imaginarem fazendo parte da festa da derrubada da democracia em nosso país.

É preciso que os partidos de esquerda, e seus integrantes, busquem a responsabilização de cada um que fez parte deste “festim diabólico”, que está a penalizar todo o povo brasileiro com a paralisação de nossa economia, pelas incertezas que isto traz a todos, inclusive,  empresários e pessoas interessadas em investir no país.

Que cada deputado ou senador venha a público denunciar e buscar a responsabilização destas pessoas que pregam o GOLPE e a derrocada de nossa Democracia, sob pena de, se não o fizer, serem identificados pelo povo brasileiro como conivente com tudo que se viu e se fez, nestes dias de loucura despropositada e sob influência de uma mídia irresponsável e lesa pátria.

Fábio Brito – Bahia.

18/08/2015

Aviso aos navegantes: Não fiquem boiando no rio. Haverá o CONTRAGOLPE.

“Quem não luta por seus direitos não é digno deles”. Rui Barbosa

“Não confunda a REAÇÃO do oprimido com a VIOLÊNCIA do opressor”. Malcolm X

Democracia não é CONCURSO DE POPULARIDADE, a aprovação de governantes aumenta e diminui, por vários fatores, um deles, diz respeito a ACEITAÇÃO da classe dominante, que, quando está incomodada, recorre a desestabilizações de governantes democraticamente eleitos, ajudada por interesses externos.

Não se pode permitir que atentem contra a democracia conquistada depois de muitos anos de lutas e sofrimentos, porque “alguém” não aceita o veredito popular.

Querem nos fazer crer, que depois de uma brutal campanha de desestabilizações dos governos de esquerda no Brasil, que teve princípio na posse de Lula em 2012, e culminando com o momento atual, os índices de desaprovação de pesquisas encomendadas, estando no patamar de 66% contra a presidenta, daria legitimidade a apear um governante eleito por seu povo. Eles se acreditam donos da narrativa, mas não são, e iremos contar a eles “uma outra história”, a de um povo que não se intimida quando os tubarões se lançam contra si.

O percentual que interessa é o da eleição, e este consagrou a vitória de DILMA. Se alguém se chateou com o resultado que comece a trabalhar em projetos que beneficiem o povo, que este, certamente, retribuirá com o apoio na hora certa.

Não iremos aceitar nem permitir mais um GOLPE em nosso país, não mais. Não passarão!!! Continuar com a pregação de GOLPE é aceitar, tacitamente, levar o nosso Brasil a uma DEFLAGRAÇÃO DE GUERRA CIVIL!!!

Que fique bem claro isto, pois iremos defender, não somente nossa PRESIDENTA ELEITA, mas nosso futuro como povo, e nossa nação, dos TÍTERES E ENTREGUISTAS INCONFORMADOS, MANIPULADOS POR WASHINGTON.

Se querem retirar a esquerda do poder, que seja dentro da lei, democraticamente, nas próximas eleições, e não adianta vir com farsas de processos, quando é nítido e VERGONHOSO, que os OPOSICIONISTAS SÃO POUPADOS DE TODOS OS CRIMES DESCOBERTOS CONTRA ELES, inclusive, o escandaloso caso do HELICÓPTERO COM 450 KG DE PASTA BASE DE COCAÍNA DO SENADOR PERRELA. Não seremos mais uma república de bananas, LUTAREMOS POR NOSSA DEMOCRACIA E NOSSO FUTURO!!!

É preciso não só resistir, mas buscar as diversas instâncias e denunciar as pessoas que buscam desestabilizar o Governo Federal, que tem, à frente, uma pessoa legitimamente eleita pela população brasileira. Que se busque a cassação e a punição exemplar, desta gente, pois nossa constituição não permite que se pregue a DERRUBADA DO ESTADO DE DIREITO.

NÃO PASSARÃO!!!

Fábio Murilo Gil Brito.

Itarantim-Ba

P.S.: Não fiz este blog para “parecer jornalista” fingindo imparcialidade, pois para mim isto não existe. Sou filiado ao PT desde 1994 e voto com a esquerda desde a redemocratização do Brasil. Em 1989 votei em Lula, e em todos os anos subsequentes sempre com a esquerda.

No entanto, ter escolhido um lado, o dos oprimidos, não faz a minha opinião menos qualificada que a dos que se posicionam ao lado dos opressores, “sendo imparciais” ou lutando ao lado deles. O real valor de uma opinião, se mostra, de forma diversa ao que tentam nos convencer, quando esta se revela estar ao lado de fatos concretos, em busca da Justiça e defendendo os oprimidos, o resto é conversa fiada.

A imparcialidade existe somente nas cabeças dos INOCENTES ÚTEIS ao sistema. No momento em que NOSSA DEMOCRACIA ESTÁ PARA SER GOLPEADA, ser imparcial, significa se posicionar ao lado dos poderosos e opressores, pois, logo à frente, se revelará o nosso real destino, caso não façamos nada para impedir o golpe que se anuncia.

Depois de executado, não adiantará nada fazer alguma coisa, a democracia já terá sido aniquilada pelos facínoras de sempre.

Ser de esquerda, ser filiado ao PT, no entanto, não significa apoiar erros e arbitrariedades de quem quer que seja. Que se puna todas as pessoas que cometam erros, TODAS, sejam de que partido forem, e não apenas os que cometem erros do lado de cá. Precisamos de uma JUSTIÇA MAIÚSCULA, que pare de servir aos interesses dos ricos e poderosos e olhe com mais carinho e atenção para o nosso povo. É preciso dar um basta aos privilégios reais que uma casta tem em nosso país.

POEMINHA DO CONTRA

“Estes todos que aí estão,

atravancando meu caminho,

eles passarão,

eu passarinho.”

Mário Quintana.

A VERDADE POR TRÁS DA NOTÍCIA – Não se deixe enganar.

“Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e

corrupta, formará um público tão vil como ela mesma.”

Joseph Pulitzer.

Notícia é que nem dinheiro, ela não caminha até você, quando “você fica sabendo” alguma coisa, você terá que garimpar muito, procurar bastante e ler muito mais, para descobrir a verdade por trás da notícia.

Uma manchete de jornal, reflete apenas o desejo do dono da empresa em fazer você, INOCENTE ÚTIL, sair repetindo o que ele deseja. É apenas a intenção dele em te influenciar e te manipular.

Não raro, o texto da mesma manchete contraria, frontalmente, o que a manchete diz, e você fica se perguntando o porquê. O fato é que muitas pessoas se deixam “emprenhar” pelos ouvidos e fazem julgamentos apressados ao lerem os destaques das notícias de jornais e revistas.

Você pode ter o dinheiro que for, mas só se tornará “gente”, depois que entender o funcionamento da “máquina das empresas de informação”, caso contrário, continuará a ser apenas um DUBLÊ DE MARIONETE, uma pessoa conduzida como gado, pelas engrenagens das empresas de manipulação de opiniões.

Para ser alguém na vida, com o conhecimento mais aproximado da realidade concreta dos fatos, você terá que suar muito e se tornar um GARIMPEIRO DA NOTÍCIA, terá que cavar fundo para descobrir a verdade, ler veículos diversos e que tenham informações divergentes sobre o mesmo assunto.

Assim, e só assim, você terá a chance de construir uma opinião própria, ao invés de ficar repetindo, feito papagaio, a opinião alheia, que colocam em sua boca.

Assistir os jornais da Globo, por que não(?), e em seguida olhar as notícias do Pravda, russo, ou ainda Le Monde Diplomatique, francês, o Granma, cubano, o El País, espanhol, e por aí vai. Busque seu próprio caminho, mas, verdadeiramente, procure as informações divergentes e “construa a sua ‘opinião’”, pois ela será sua e de mais ninguém, e, quando você falar, ou escrever, sobre um assunto qualquer, estará se expressando com a segurança de quem, ao menos, terá algo mais a falar do que, apenas, impropérios e adjetivos para com quem “dialoga”.

Aprenda, de uma vez por todas, da mesma forma que o “OURO”, a notícia é “PRECIOSA”.

Quando você quer escutar uma música, sintoniza em um canal FM e obtém as músicas no estilo que prefere, muito embora, dificilmente, conseguirá escutar um tango, por exemplo, uma polca, uma música clássica, erudita ou uma ópera.

As rádios, também tocam as músicas que o DINHEIRO QUER QUE VOCÊ OUÇA, não vai haver muita diversidade de estilos. O departamento comercial da empresa vai “informar”, aos radialistas, que uma certa música, ou estilo musical, não deve ser tocada, porque não dá “audiência”. Claro, além disto tem o “jabaculê”. Eles recebem pra tocar algumas músicas e não tocar outras. É o poder do dinheiro meu (minha) amigo(a), conhece ele? Está mais presente na sua vida do que você conhece ou admite.

Ao escolher um canal de TV, ou sintonizar no “dial” de uma emissora de rádio, você passa a ser uma ANTENA RECEPTORA. Ao comentar sobre aquilo que você RECEBEU, passa, então, a ser uma ANTENA RETRANSMISSORA. Deseje mais da vida que isto. Não se pode passar pela vida a ser, apenas, uma ANTENA RETRANSMISSORA DAS OPINIÕES ALHEIAS.

Acredite ou não em Jesus e em Deus, não parece sensato que vivamos nossas vidas apenas assim. Precisamos exigir um pouquinho mais de nós mesmos e estudar, ler e buscar a verdade, que, raramente, estará na camada superficial de onde a encontramos. É preciso ir além. Precisamos ser mais profundos.

Boa sorte.

Fábio Brito,  Bahia.

 

O FUTURO INCERTO DO BRASIL. ENTRE O GOLPE JURÍDICO-MIDIÁTICO-PARLAMENTAR, ESPERADO, E A GUERRA CIVIL, POSSÍVEL.

“Quando me desespero, e me angustio, eu me lembro que durante toda a história o caminho da verdade e do amor sempre ganharam. Tem existido tiranos e assassinos e por um tempo eles parecem invencíveis, mas no final, eles sempre caem – pense nisso, SEMPRE.”
―Mahatma Gandhi

Vivemos dias difíceis. Vemos pessoas saírem às ruas para pedir a volta dos militares, da ditadura, pedindo o impeachment ou a simples deposição de uma presidenta, recém-eleita pelo voto popular. Como chegamos a isto? O que está acontecendo a nosso país?

Acredito que precisamos retornar um pouco no tempo para que possamos entender melhor ao que acontece agora, que, de certa forma, é um clima que perdura desde as chamadas jornadas de junho, em 2013.

Há algum tempo, na primeira eleição de Lula, em 2002, um fato me chamou bastante a atenção, já naquela época. Em sua posse, diante do povo, no parlatório em frente ao Palácio do Planalto, Lula pediu aos movimentos sociais, aos sindicatos e ao povo brasileiro, que mantivesse a calma, que tivesse paciência, que aguardasse, pois seu governo iria, em breve, mostrar a que veio, através de medidas que resgatariam os brasileiros das décadas de descaso e abandono, a que foram relegados por quase todos os governos anteriores.

Ali estava a semente do problema político que vemos hoje, e tive a oportunidade de dizer, a diversos petistas, que no momento em que um governante é eleito, tendo a confiança da maioria da população e, sabendo ela, que este governo não iria enviar as tropas para cima de si, deveriam sair às ruas, para dizer o que espera de seu país e de seus governantes.

Depois de décadas tendo seus anseios sendo represados por governos hostis a ela, não se poderia pedir ao povo, aos movimentos sociais e sindicatos, que esperasse mais, não se poderia pedir para se autorrepresar ainda mais.

Ao pedir isto, Lula se colocaria nas mãos dos “300 picaretas do congresso”, sobre o qual, anos atrás, havia falado que existia. Ao pedir isto, a força do poder econômico iria dificultar, ainda mais, uma mudança nas feições do país, de forma mais profunda, arraigada e de caráter permanente.

Lula, reconhecidamente um grande político, e hábil negociador, acreditava em seu potencial de poder reunir pessoas insensatas e acostumadas ao uso do poder, da chantagem e, inclusive das armas, e buscar o equilíbrio, que nunca demonstraram ter na condução do Brasil, e convencê-las de que o povo, agora, iria sentar-se à mesa com eles, e comer do bolo em condições de igualdade, não aceitando mais as migalhas que sobravam.

Lula acreditava ser capaz de fazer a elite do país, reconhecer e aceitar, pacificamente, através da negociação, que o comando do país, a partir da sua eleição, inexoravelmente, passava a incorporar um outro ator, o povo, ali representado na figura dele, um ex torneiro mecânico, vindo de classe pobre e possuindo recursos educacionais deficientes.

A rua é do povo, e é o canal de comunicação dele com seus governantes. Mas, e quando o povo não ocupa o espaço das ruas, o que acontece? Em muitas ocasiões quem a ocupa são os soldados e os tanques, que então passam a massacrar este mesmo povo, como aconteceu em 1964, depois que multidões ocuparam as ruas e a mídia os inflava, clamando pelo golpe, para barrar as mudanças que se pretendiam para o país. Alguma semelhança com o que ocorre hoje?

Assim, dessa forma, podemos entender os movimentos que ocorreram nas chamadas ”jornadas de junho” em 2013. A mídia, a oposição e membros importantes do Judiciário, já haviam iniciado conversações há bastante tempo atrás, logo nas primeiras horas das denúncias do chamado “mensalão do PT”.

Os EUA, por trás das conversações, e orientando os participantes do complô político, que visava à retirada da esquerda do comando do Brasil, tentavam acalmar os ânimos e segurar a sofreguidão dos golpistas nacionais. É de se observar, que os títeres verde-amarelos, com o apoio dos EUA, não temessem nada, e não se preocupassem com a forma, nem o método a ser empregado, mas os EUA sabiam que não teriam, no Brasil, uma segunda Honduras. Não queriam se arriscar. Ainda que, considerando a gigantesca despolitização da população brasileira, sabiam que os fatos de 1964 não se repetiriam, era preciso prudência, aguardar o momento certo.

Quando a mídia brasileira, GLOBO aí incluída, tentou desqualificar as manifestações iniciais em 2013, logo lhes chamaram a atenção de que era a ocasião de que todos ansiavam, era preciso dar apoio total aos jovens que se lançavam às ruas, dar a estas manifestações um ar de “FORA COLLOR”, de luta contra a corrupção, de defesa da democracia.

Alguns grupos financiados com dinheiro proveniente dos EUA e outras pessoas preparadas para inflar movimentos como esses, dariam a impressão, superdimensionada pela mídia corrupta e mafiosa brasileira, de que o povo estaria contra o Governo Federal, muito embora os fatos ocorressem nos Estados, e com pauta difusa (confusa) e mais relacionadas a problemas estaduais. Não se poderia perder a oportunidade de desgastar a imagem de DILMA e do Governo Federal.

Os EUA estão numa brutal ofensiva midiática e militar, não só na América Latina, isto está acontecendo em todo GLOBO, basta ver o que acontece hoje na Ucrânia e Síria.

Só para lembrar: Os EUA não dão ponto sem nó, a primeira coisa que fazem é disseminar mentiras e causar a cisão entre aqueles que lhes oferecem alguma oposição, é aquela velha história, DIVIDIR PARA GOVERNAR.

O impressionante (talvez nem tanto) é, que esta oposição irresponsável “ao” Brasil, está fazendo, exatamente, o jogo deles.

Quando um império cai, o barulho é ensurdecedor. Preparem seus ouvidos, porque o barulho não será nos EUA, não tão cedo, o incômodo sonoro, primeiro, se escutará em suas colônias e ex-colônias (Argentina, Venezuela e Brasil, por exemplo).

Não podemos nos esquecer, que o Brasil é peça chave no tabuleiro geopolítico mundial. Não só devido ao tamanho de sua economia e da influência que exerce nos países latinos, mas, também, por ter angariado uma respeitabilidade imensa, desde o primeiro mandato de Lula em 2002.

De lá para cá, nosso país se inseriu no mundo como um “player” de importância ímpar, e tem sido um dos responsáveis pela busca de um mundo multipolar, através de criação de mecanismos e órgãos que façam frente aos já existentes e controlados por Washington e seus aliados. O banco dos BRIC’s é um exemplo.

Desta forma, não se poderia mais desprezar o Brasil nem permitir que ele se desenvolva, sem os grilhões que sempre o prenderam à esfera de influência dos EUA. Não se poderia admitir uma nova CHINA no “quintal” dos Estados Unidos. Torna-se, então, absolutamente “imperial”, que a América continue a ser dos Americanos. É preciso retirar o Brasil do jogo, neutralizá-lo.

Chegamos, então, aos dias atuais, onde, por não ter buscado o enfrentamento, e não ter forçado a implementação das políticas necessárias ao nosso país, e ao seu povo, como a reforma agrária e a democratização da mídia, entre outras, o GOLPE é defendido à luz do dia, sem que ninguém seja incomodado quanto a isto. Delegados praticam tiro ao alvo com a “foto” da Presidenta da República e todos acham “normal”.

O povo, que lá atrás deixou as ruas vazias, a pedido de seu líder maior, observa seu lugar ser ocupado por uma elite branca irresponsável, inflada por uma oposição lesa-pátria, subserviente a interesses alienígenas. O caldo de cultura para o GOLPE, está quase em temperatura máxima, quase no ponto apropriado.

A operação LAVA JATO está próximo do seu ápice. O Estado de Direito, no chão. A justiça, dominada, silenciada, controlada. Senado e Câmara Federais, absolutamente sob controle. O momento se aproxima.

Daí que todos são pegos, com perplexidade, com atitudes como a da REDE GLOBO, que passa a fazer editoriais em defesa do Estado de Direito e contra o golpismo. E aqui, o Diário do Centro do Mundo, O Cafezinho e o Tijolaço, parecem ter saído na dianteira e mostraram análises mais sensatas a respeito, TUDO NÃO PASSA DE DIVERSIONISMO, conversa pra boi dormir.

É necessário que a mídia mostre neste momento, que o GOLPE já tem moto-próprio, que já ganhou força,  uma imagem de neutralidade, tudo em nome dos negócios, afinal, está fresco na memória de seus proprietários, as imagens de seus repórteres sendo escorraçados das manifestações de junho de 2013.

O GOLPE não foi descartado, é um equivoco pensar assim. A inflexão da mídia (não apenas a globo), neste sentido, mostra, somente, que eles acreditam que o escript já está traçado, e as falas de cada um, do Judiciário, do Parlamento e da OPOSIÇÃO AO BRASIL, estão devidamente decoradas e bem ensaiadas. Cada um já sabe o que fazer e na hora que deve fazer.

O ensaio já foi feito e saiu perfeito, promessa de sucesso. É por isto que a mídia agora, irá aparentar sensatez e diminuir os ataques escandalosos contra o PT e, aqui e ali, dará abertura a críticas aos OPOSITORES DO BRASIL, de forma tímida, mas dará, e, junto a isto, mais espaço ao PT. Só sendo muito trouxa para não entender o jogo preparado.

Tudo acertado, todos combinados, resta agora colocar a peça principal em cena: GOLPE JURÍDICO-MIDIÁTICO-PARLAMENTAR.

A mídia sai de boazinha, e o golpe, transcorre como um acontecimento normal em uma democracia. É preciso dar ares de veracidade ao mesmo. É preciso que o mais ferrenho defensor de DILMA, e de LULA, fique desacreditado para defendê-los, após o JULGAMENTO FINAL. Que, no mínimo, levará Lula para a prisão, e, quem sabe, a Dilma também.

Não nos é dado saber, neste momento, qual a aposta que se faz, no entanto, estas são as duas, possíveis, opções preparadas:
1. Destruir a única pessoa com imagem e capacidade de concorrer em 2018, com chances reais de vitória, no campo popular de esquerda, Lula, e, levando juntamente a ele, a própria presidenta Dilma, ou;
2. Prender apenas Lula, e amarrar o Governo Federal, com os já controlados, Senado, Câmara e Judiciário, infligindo derrotas mortais para as pretensões da esquerda em 2018. Dessa forma, sem força para uma reação da presidenta, esta teria que colocar em prática a agenda neoliberal derrotada de Aécio Neves, para, assim, quando ganharem a eleição em 2018, ao encontrar a terra arrasada deixada pelo PT, saírem como salvadores da pátria.

O enredo está posto. Para a opinião mundial será, apenas, a cassação de mais um político de uma republiqueta de bananas qualquer, que se lambuzou com o dinheiro de seu povo.

Como podemos nos inserir contra o que já está decidido pela elite criminosa do Brasil, aliada ao que tem de pior dos EUA??? Como seria possível barrar os próximos capítulos de uma novela preparada com carinho pela nata do poder mundial e os sabujos do poder nacionais, GLOBO à frente???

Esta resposta está, agora, nas mãos de uns poucos líderes da esquerda nacional, em que ainda observamos correr sangue nas veias, porque não nos parece plausível, que os membros da cúpula petista, que não passam de “CUCARACHAS”, venham, no adiantar da hora que se esgota, e, ao se aproximar do CADAFALSO ou da GUILHOTINA, OFERECER O PESCOÇO COMO PRÊMIO A SEUS ALGOZES.

Corremos o risco de sermos deixados sozinhos, e à deriva, pelos ratos que abandonam o barco.

Nossa esperança é que, como Mahatma Gandhy um dia, nos chamou a atenção: por mais poderosos e invencíveis, que os tiranos e assassinos pareçam ser, eles, um dia, caem, e o amor e a verdade, triunfarão.

Que Deus nos proteja!!! Oremos!!!

Fábio Brito, Bahia.

 

A REAL SABEDORIA DOS DUBLÊS DE MARIONETE!!! Ou o porquê o mundo é tão INJUSTO.

A imprensa é tão poderosa no seu papel de construção de imagem, que pode fazer um criminoso parecer que ele é a vítima e fazer a vítima parecer que ela é a criminosa. Esta é a imprensa, uma imprensa irresponsável. Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas oprimidas e amar as pessoas que oprimem. Malcolm X.

Quem propaga que existe democracia num país capitalista é apenas um INOCENTE ÚTIL ao próprio sistema, que massacra a maioria da população, que JAMAIS terá acesso ao que a elite tem, por mais inteligentes e esforçados que esta população seja. Funciona assim, MUITO PARA POUCOS. Muito trabalho para alguns e pouco lazer e conforto para os mesmos que SUSTENTAM OS MAIS ABASTADOS, PARA QUE TENHAM MUITO LAZER, PRAZER E ÓCIO.

É absolutamente acintoso que as pessoas acreditem ser DIREITO DIVINO, existir desigualdade no planeta nos níveis que existem hoje, onde, 1% da população mundial detém a mesma quantia de riqueza que os demais 99%. Isto é de DEUS??? Ao que me recorde a BÍBLIA E A PALAVRA DE DEUS CONDENA A USURA. O que seria esta enorme desproporção de renda senão a representação MOR de GIGANTESCA USURA E INJUSTIÇA QUE IMPERAM NO MUNDO???

Mas não, quem defende que exista “políticas públicas” para combater a desigualdade é taxado de COMUNISTA E SOCIALISTA, como se isto fosse um PECADO DESCRITO NAS ESCRITURAS SAGRADAS, como se Jesus Cristo não tivesse vindo ao mundo para defender aos pobres das INJUSTIÇAS perpetradas pelos poderosos contra os mais fracos. COMO SE JESUS NÃO TIVESSE VINDO INTERCEDER PELOS OPRIMIDOS E SIM TIVESSE VINDO CONFABULAR COM OS OPRESSORES E COMER OS SEUS CANAPÉS E BEBERICAR APERITIVOS NOS SEUS OPULENTOS REGABOFES.

Onde está escrito que Jesus esteve se banqueteando com os poderosos e gente rica da época??? Deem-me apenas um exemplo.

A velha máxima que diz “O TRABALHO DIGNIFICA O HOMEM”, é apenas uma falácia, ela deveria ser modificada para “O TRABALHO DIGNIFICA O HOMEM E O ÓCIO DIGNIFICA O PATRÃO DELE”.

Os INOCENTES ÚTEIS, sem enxergar um palmo à frente do nariz, e tendo TERCEIRIZADO A DIFÍCIL E ÁRDUA TAREFA DE PENSAR, deixando isto para as pessoas da elite, que verdadeiramente comandam o país através dos jornais, revistas e televisão, não conseguem enxergar que não há mais democracia em países capitalistas e que estas foram destruídas em países como os da EUROPA, por exemplo, onde, o que existe hoje, é nada mais que uma DEMOCRACIA DE MERCADO, onde quem manda e decide, inclusive as políticas públicas, são a elite e, principalmente, AS GRANDES CORPORAÇÕES.

O CAPITALISMO, em 2008, fez diversas economias no mundo ruírem como num passe de mágica, mas o que houve afinal??? Alguém pode me explicar??? Milhões de pessoas perderam seus empregos e outros tantos passaram fome, tendo, muitos, vindo a óbito, e isto foi devido a que mesmo??? Devido a se permitirem que os DONOS DO DINHEIRO e, consequentemente do poder, tenham direito divino de vida e morte sobre os demais porque são “melhores e mais importantes”??? Mas quem permite isto???

Agora, combater INJUSTIÇAS é ser comunista!!! E combater a injusta distribuição de renda no mundo que levam milhões a morrerem sem terem vivido é pecado. lutar pelo DIREITO DE VIVER que todo ser humano tem, é ABSURDO. Tal é o grau de MANIPULAÇÃO a que se está submerso.

Depois vê-se falar que se deve corrigir os erros com “políticas públicas” como se as corporações, e seus serviçais vendidos do congresso, estivessem a permitir alguma coisa neste nível.

O BOLSA FAMÍLIA, por exemplo, falaram o diabo dele. Seria um BOLSA ESMOLA, que as pessoas não iriam mais trabalhar, que tinha que ensinar a pescar, que tinha que ter uma “porta de saída” e outras tolices jumenticas.

Como explicar as políticas de compensações “para gente que ainda acredita que não existe a LEI ÁUREA”??? Para pessoas a quem não se conta que a política de juros do país, através da definição da SELIC, pelo governo, ENGORDA as contas, já bastante polpudas, de gente da elite, que nada faz a não ser “viver de juros” do governo?

Ninguém vai contar para elas, que estas pessoas que vivem de juros, sem nada fazer, sem nada produzir, recebem REPASSES ACINTOSOS do Governo Federal, em quantias muito superiores ao que o povo pobre recebe através do BOLSA FAMÍLIA??? Isto pode, não é??? Os ricos não vão reclamar nem existirão manchetes indignadas denunciando este ABSURDO EXECRÁVEL.

O fato, é que as corporações, que não se agradam destas “políticas públicas”, mandam seus serviçais DERRUBAREM UMA PRESIDENTE ELEITA PELA POPULAÇÃO DO SEU PAÍS. Esta é a forma correta de corrigir os rumos, no entender deles. Claro, ninguém nem chegou perto de pensar em derrubar o Fernando Henrique Cardoso, quando ele tinha míseros índices de popularidade, e toda a população sofria com suas políticas, que LEVARAM A QUEBRAR O BRASIL TRÊS VEZES, e fomos obrigados a estender a mão PEDINDO ESMOLA PARA O FMI PARA PAGAR AS NOSSAS CONTAS.

Oras, se vamos corrigir os erros do capitalismo com “políticas públicas”, deixe-se corrigir os erros do governo pelo próprio, que foi eleito pela população para isto. Mas, claro, eles falam em “erros do governo” e, omitem, inclusive, que a crise, derivada de débacle mundial de 2008, aumentou e afeta diversos países. É como se não existisse e só o Brasil estivesse em situação ruim. A CANALHICE desta corja de bandidos não tem limites.

Aí vem o INOCENTE ÚTIL, manipulado pelas manchetes das revistas e jornais, repercutidas pela TV GLOBO, senhora dos golpes no país, acostumada a eleger presidentes (COLLOR, lembra-se???), e a derrubá-los, quando enjoa deles, e nos enfia, nas fuças, a desaprovação da Presidente DILMA. “Somente 7% aprovam o governo da DILMA, o povo não quer mais a presidente no governo, 66% aprovam o IMPEACHMENT dela”, informa, feliz, o IMBECIL FANTOCHE.

Pouco importa se você lhe informar que o presidente LULA tinha a maior aprovação popular de todos os presidentes que o Brasil já teve (81% de aprovação) e, ainda assim, queriam derrubá-lo. Pouco importa se você informar a ele, que exercer a presidência da república não é o mesmo que participar de CONCURSO DE POPULARIDADE e que não se pode retirar um presidente, democraticamente eleito, só porque não está, momentaneamente, com os índices de popularidade altos, pois o DUBLÊ DE MARIONETE, se agarra nas manchetes garrafais ou no que o pastor disse no culto, de que “está enojado com o que está acontecendo no país”, como se o que está acontecendo agora, tenha começado apenas ontem, depois que o PT assumiu o governo.

A solução do Brasil não vai ser fácil, principalmente porque o maior erro do PT é ter, entre seus quadros, na sua cúpula diretiva, GENTE QUE PARECE NÃO TER SANGUE NAS VEIAS, GENTE SEM FIBRA, GENTE COVARDE E MEDROSA ATÉ A MEDULA.

Qual seria o medo destas pessoas na cúpula diretiva do PT??? O que realmente eles temem??? Se estão a defender o direito do povo, suas necessidades, e a mídia vai distorcer e mentir, como sempre fez e fará sempre, que vá para a rua em todo o país e chame o povo, que não irá faltar para defender seus próprios interesses, e, se assim o fizer, este povo apenas merecerá o destino que lhe aguardará, por não ter tido a coragem de dizer e lutar por aquilo que deseja para si mesmo.

Gostaria de não pensar nisto, mas não tenho como, pois as indicações me levam a crer que, ao que parece, esta cúpula que está no poder no PARTIDO DOS TRABALHADORES, se esqueceram de quem os colocou lá, e, confrontados pelos ETERNOS DONOS DO PODER, aquelas pessoas que detém a grana, estão a fazer concessões demais apenas e, tão somente, para que eles lhes permitam ficar mais um tantinho na crista da onda.

Talvez tenha chegado a hora dos militantes do PT buscarem, dentro do partido, uma via de DEMOCRACIA DIRETA. Se alguns países conseguem implementá-la, por que não se conseguiria dentro do partido?

Precisamos de novos rumos!!! Esperemos que a imbecilidade demonstrada, por parte do povo brasileiro, seja algo passageiro, como um vírus que nos fez agir como zumbis, mas que, com o novo nascer do Sol, nosso organismo tenha reagido e nos livrado de pensamentos e atitudes que, se levados adiante, nos fariam sofrer exponencialmente mais, e por tempo mais prolongado, do que se reconhecêssemos que nossos problemas não existem apenas devido a questões internas mas, também, devido a questões que estão a afetar diversos países por todo o mundo, e levando sofrimento a milhões de pessoas, devido a “um sistema capitalista doente e sem razões para existir mais”.

Precisamos resgatar nossa CONSCIÊNCIA E NOSSA HUMANIDADE, que andamos a terceirizar por razões externas à nossa vontade. O MUNDO É DECISÃO DIRETA DE NOSSAS ATITUDES, PORTANTO, AJAMOS COM COERÊNCIA PARA O BEM DE TODOS, INDISTINTAMENTE.

Fábio Brito, Bahia.

Diálogos de PAZ. Em busca do fim da MATANÇA DOS PALESTINOS!!! PELA RESPONSABILIZAÇÃO E PUNIÇÃO DE ISRAEL. Pela REPARAÇÃO, necessária, aos Palestinos.

Todos nós queremos a paz e, quando vemos que existem problemas no oriente médio, principalmente entre Israel e Palestina, nos perguntamos, por que os Palestinos não conversam civilizadamente? Por que não cedem um pouco para poderem obter a paz, que é objetivo de todos? Por que tanta barbárie e terrorismo, capaz de usar homens bombas contra o povo de Israel?

Bem, se você pensa assim, sinto muito, mas tenho que lhe informar que você está cometendo um grande equívoco, e, atrás deste engano, está, também, uma GRANDE INJUSTIÇA.

Devido ao enorme desconhecimento dos fatos reais, a respeito do que ocorre entre a Palestina e Israel, você está sendo levado a acreditar que os intolerantes aqui, são os Palestinos, mas não são, e vou lhe dar as razões do que afirmo logo à frente.

Estas informações incorretas, que chegam até você, não são equívocos, senão que, uma grande e massiva PROPAGANDA, um grande merchandising, levado a cabo pelos líderes sionistas, que fizeram o mundo lhe “dar um país de graça”, logo após a Segunda Grande Guerra Mundial, devido ao sofrimento que os Judeus passaram nas mãos de Hitler. A Europa toda, se culpa por ter permitido isto acontecer. Houve, e ainda há, e é até natural que isto ocorra diante das atrocidades que aconteceram, uma comoção mundial diante dos crimes cometidos. E, devido a isto, o mundo, resolveu “dar de presente” ao povo judeu, terras na Palestina, que não lhe pertenciam, para que pudessem ter um lugar para chamar de seu. Ou seja, fizeram caridade com os bens de outras pessoas, como se, seus vizinhos, decidissem dar metade de sua casa para moradores sem teto. Você permitiria uma coisa assim?

É preciso, ainda, levar em conta que não foram apenas os Judeus que sofreram ou foram perseguidos na Segunda Guerra mundial pelos NAZISTAS. Acredita-se, que cerca de SEIS MILHÕES de Judeus foram assassinados pelos apoiadores do regime NAZISTA, mas, diante do número de vítimas da União Soviética, até este número absurdo fica pequeno e passamos a não entender muitas coisas. Ficamos confusos.

VINTE MILHÕES DE RUSSOS e cidadãos da, então, União Soviética, também morreram nesta mesma guerra. Eles existiam e, também, como os Judeus, foram assassinados. No entanto, existe uma intenção nebulosa, dos demais países vencedores, em ocultar este fato. Europeus e Estadunidenses se esforçam brutalmente para reescrever a História e tentam deletar a participação da União Soviética e a contribuição decisiva deles para a libertação da Europa e pelo fim da Guerra. Sem a ajuda dos Comunistas, o mundo poderia ser bem diferente hoje, com consequências impensáveis sobre o mundo todo. Mas eles eram “Comunistas” e, portanto, tem que ser esquecidos e seus mortos não devem ser pranteados ou lembrados.

Ciganos, negros e outros povos, também foram perseguidos e massacrados pelos alemães nazistas de então, mas, o que sabemos deles? Nada. Parece que nem existiram. Claro, se não sabemos que eles existiram e foram tão perseguidos e sofreram tanto como os Judeus, logo, o sofrimento dos Judeus passa a não ser só deles e é preciso, é absolutamente imperioso, mostrar ao mundo, que praticamente as únicas vítimas foram os Judeus.

Quem não gosta de teorias sobre conspirações, não precisa ficar sabendo que, a elite Judaica, já deveria ter um acordo com alguns dos impérios da época, Inglaterra e EUA. Não precisa saber, que as verdadeiras e importantes lideranças judias, já haviam saído da Alemanha e deixaram o seu povo como boi de piranha. Não precisa saber que eles usam, e usarão, sempre, os cadáveres do seu povo para lhes permitirem continuar a agir impunemente pelo mundo, massacrando quem se puser em seu caminho, assim como verdadeiros herdeiros de Hitler. Eles aprenderam bem, são mestres.

Com a vantagem de “SEREM O POVO ESCOLHIDO DE DEUS”, com o holocausto que sofreram, o enorme poder econômico de que dispõem, as principais empresas do mundo estão nas mãos de Sionistas, e, consequentemente, a simpatia de todos os meios de comunicação do planeta e os jornalistas a seu serviço, parlamentares comprados ou seduzidos pela versão da História, contada pelos vencedores, ELES FAZEM O QUE QUEREM SEM SER INCOMODADOS POR NINGUÉM.

A Bíblia, e logo, DEUS, estão com eles. O Holocausto e a História estão com eles. O PODER ECONÔMICO está com eles. E, se isto tudo ainda não for suficiente, O PODER DAS ARMAS ESTÃO COM ELES.

Para termos uma ideia de como as coisas verdadeiramente funcionam basta observar que os EUA estão a ameaçar o IRÃ, devido a seu programa nuclear. Impuseram sanções econômicas a eles devido a isto, mas, porque não fazer o mesmo contra Israel que leva adiante seu programa nuclear sem que ninguém os incomode?

Especula-se que o Estado de Israel deva possuir, atualmente, cerca de 200 a 400 ogivas nucleares. No entanto, ninguém pensa em impor sanções econômicas ou qualquer outra. Israel não presta contas a ninguém, não existe fiscalização alguma sobre as armas que possui, é um estado livre para fazer o que desejar, massacrar quem quiser sem prestar contas a ninguém. Um verdadeiro CÉRBERUS louco, ensandecido e muito bem armado, que ninguém se atreve a segurar, a lhe colocar freios, a lhe colocar limites.

Pobre povo Palestino!!! Triste a sua agonia!!! Ninguém intercede pelos fracos, ninguém intercede pelos pobres ou anda com eles. Todos querem tirar suas “SELFIES” com os vencedores. Todos querem estar com os poderosos. Todos sorriem felizes ao lado dos opressores, sem perceber que estão a pisar em cadáveres humanos. Que estão a colaborar do seu infortúnio, de sua extinção.

A alegação para que cedessem parte do território da palestina para os Judeus era a de que, historicamente, eles se originaram naquela região e que foram expulsos de lá e, a partir daí, se espalharam pelo mundo. Nada mais justo que permitir um povo perseguido “em todos os lugares por onde passou”, ter o direito de “voltar para casa”, não é mesmo???

Errado!!! Pense da seguinte forma, se as alegações do povo judeu estiverem certas, por que não devolver a Califórnia e o Texas ao México? Por que não devolver o Brasil aos silvícolas (índios), descendentes dos povos que existiam aqui em 1500 e todo o resto da população não ir para outro lugar?

O que o povo Palestino atual ou do ano de 1948, ou, ainda, 1900, tem a ver com a expulsão, violenta ou não, dos Judeus, pelo Egito, há mais de 3.000 (TRÊS MIL) anos atrás??? Tem lógica uma coisa destas?

Os Judeus tem conseguido enganar a opinião pública mundial devido a diversos aspectos:
Consideram-se os “ESCOLHIDOS DE DEUS”, ao menos tem milhões de pessoas em diversas religiões ao redor do mundo que disseminam esta ideia devido a “constar na Bíblia”, e esta, é uma propaganda imensa e gratuita.

“A versão bíblica da história judaica mostra que os judeus são uma nação escolhida por Deus como um povo separado e santo, guardião das leis outorgadas por Deus.” (Retirado do Wikipedia). Como alguém pode se opor a eles??? Digam-me, quem seria louco o suficiente de contestar “DEUS”, quem seria insano de contrariar seus desejos expressos no “LIVRO SAGRADO”???;

Além disto, os Judeus não perdem uma só chance, de jogar os cadáveres de seus companheiros na cara dos Europeus e do resto do mundo. Constrangem abertamente o mundo inteiro atiçando a pecha de insensível e, até, antissemita, para qualquer um que os contrarie e os conteste, e fazem isto, inclusive contra judeus e cidadãos de Israel, que se opõem contra as chacinas e massacres contra o povo Palestino.

Os sionistas passaram a ideia ao mundo de que “mesmo sendo os fracos”, a ponta mais frágil da corda, e com gigantescas provações e sacrifícios, tem vencido os “perversos Árabes”, os pagãos Árabes, os terroristas Árabes e Palestinos. Uma verdadeira luta de “Davi contra Golias”. Isto, no entanto, é uma farsa, eles nunca foram a ponta fraca nesta relação. Estão protegidos desde sempre, por grandes nações do planeta. Inglaterra e Estados Unidos, sempre estiveram por trás da formação de Israel, que lhes tem ajudado de volta, e defendido suas políticas numa região riquíssima em PETRÓLEO. Deve ser coincidência, apenas um detalhe.

Uma das formas de ajudar o “Davi”, Israel, é em ajuda direta através de bilhões de dólares que os EUA destinam a Israel. Outra, através de vendas de armas. Para se ter uma ideia o PIB, de toda a Palestina, é de cerca de SETE bilhões de dólares e só a ajuda que os EUA destinam a ISRAEL, hoje, é de U$ 3.000.000.000,00 (TRÊS BILHÕES DE DÓLARES), por ano, até o ano de 2017. Israel possui um PIB de cerca de U$ 160.000.000.000,00 (CENTO E SESSENTA BILHÕES DE DÓLARES). Ainda assim, ante um país que tem uma economia VINTE E DUAS VEZES MENOR que a sua e não possui Exército, Marinha ou Aeronáutica, precisam de ajuda econômica e militar para se defender de paus e pedras das INTIFADAS dos Palestinos.

“Há muito tempo os Estados Unidos e a Europa, líderes nesse conflito, aceitaram implicitamente que Israel tem impunidade. Por isso, pode violar sistematicamente o direito internacional, o direito humanitário e os acordos de que é signatário sem ser condenado”, afirmou.

Israel já violou 32 resoluções do Conselho de Segurança da ONU desde 1968, segundo um estudo de Steven Zines, da Universidade de San Francisco, publicado no jornal israelense Haaretz. Retirado do sítio: http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2014/08/140730_analise_israel_lk

Abaixo você poderá ter contato com alguma parte daquilo que a grande mídia mafiosa, do mundo inteiro, está nos escondendo acerca do MASSACRE DO POVO PALESTINO POR ISRAEL, que, no intuito de atingir os objetivos da propaganda deste país, é mostrado como “conflito Israelo-Palestino”. Como se fosse possível existir um conflito entre a décima maior potência bélica do planeta e uma das forças armadas mais bem treinadas do mundo, contra um país que não tem Exército, Marinha ou Aeronáutica.

Para saber mais:
http://www.brasildefato.com.br/node/11200
http://www.viomundo.com.br/politica/noam-chomsky-e-colegas-denunciam-cobertura-da-midia-sobre-gaza.html
http://www.brasildefato.com.br/node/11201
http://cartamaior.com.br/?/Editoria/Internacional/Impressoes-de-uma-visita-a-Gaza/6/26367

Depois de se informar melhor e saber o que nos escondem acerca do massacre do povo Palestino, o que temos a propor é que se identifique tudo aquilo que compramos e se rejeite os produtos fabricados ou produzidos em Israel. Um grande boicote levado adiante por cada um de nós, cidadãos do mundo, conscientes dos crimes contra o povo da Palestina. Precisamos ter em conta que, da mesma forma que o APARTHEID Sul Africano caiu, devido a iniciativas de denúncias e pressões deste tipo, podemos forçar Israel a mudar suas atitudes, buscar o diálogo e respeitar as leis internacionais.

Além do boicote contra os produtos de origem israelense, precisamos mostrar nosso apoio aos Palestinos. Em todos os lugares devemos mostrar a nossa solidariedade a eles, nas redes sociais, nas ruas, escolas, universidades, em nossas empresas, em nosso lazer. Devemos fazer o mundo entender que esta matança não pode mais continuar, que não a aceitamos mais.

Devemos, também, fazermos passeatas e pressionar nossos governantes a cancelar relações diplomáticas com Israel, como forma de levá-los, seriamente, a negociar a devolução dos territórios ocupados ilegalmente, e, além disto, permitir o retorno dos Árabes e Palestinos, expulsos de suas terras e de Israel, além de lhes indenizarem pelos problemas causados.

Nenhuma câmara de vereadores poderá ficar sem pressão popular até que a mesma edite uma moção de repúdio contra as atrocidades cometidas pelo Estado de Israel contra o povo Palestino. Nenhuma Assembléia Legislativa, Câmara de Deputados, ou o Congresso Nacional, pode deixar de editar uma moção de repúdio, ou deixar de pressionar o Governo Federal, para que se cortem as relações com o Governo de Israel, objetivando pressioná-lo a respeitar TODAS AS DELIBERAÇÕES DA ONU que tem sido desrespeitadas, unilateralmente, por Israel, e tendo a proteção dos EUA neste aspecto. Os sindicatos de trabalhadores precisam se posicionar contra o GENOCÍDIO, o APARTHEID, contra a LIMPEZA ÉTNICA, implementada por Israel, contra os MASSACRES do povo Palestino.

Devemos, todos, exigir REPARAÇÃO de Israel e dos EUA, que tem sido seus patrocinadores e incentivadores, ao vetar resoluções contra Israel na ONU, financiamento suas forças armadas e as compras de armas, promovendo sua economia e dando total suporte às políticas implementadas por este país.

Se cada um de nós acredita que é possível mudar o mundo, está na hora de encampar esta bela causa e sairmos às ruas com nossas bandeiras e a bandeira da Palestina para que ela seja uma nação livre e soberana e para que seu povo possa viver sem humilhações e privações, bloqueando, de uma vez por todas, o massacre perpetrado contra eles.

Quem condenou o atentado no Charlie Hebdo, não pode se calar agora, quem apoia o povo Cubano contra o criminoso Bloqueio a Cuba, não pode fingir que não vê, quem não tolera mais as mentiras dos EUA, para justificar invasões e bombardeios a países inteiros, com a intenção de garantir suprimento de petróleo para si, é bem vindo nesta caminhada, quem não aceita mais ver o poder da opressão triunfar num mar de calamidades, também, é bem vindo.

Paz, salam, shalom, peace.

Que Deus esteja com todos nós.

Fábio Brito, Bahia – Brasil

Seguir HITLER ou GANDHI? Como saber quem é quem com os meios de comunicação que temos hoje?

Certamente, o “inferno está cheio de boas intenções”, e o mundo tem inferno por toda a parte, provavelmente até em CUBA, mas não podemos deixar de perceber, que enquanto uns propagam o pior dos infernos pelo mundo afora (EUA), com bombas e guerras, e é festejado como o paraíso, o melhor dos mundos, este outro país, a que o mundo OCIDENTAL DEMOCRÁTICO E CIVILIZADO, descreve como o inferno, está oferecendo ao mundo EDUCAÇÃO E MÉDICOS.

Nas questões políticas, assumo que tenho interesse sim, em tentar esclarecer as pessoas e fornecer a elas uma forma diferente de ver e entender aquilo tudo, que os meios de informação mafiosos, querem que assumamos como verdade absoluta e inquestionável, pois, se assim não quisesse, entendo que deveria apenas balançar a cabeça como lagartixa e deixar rolar os acontecimentos sem me manifestar. Não concordo como o mundo está hoje, logo, preciso mudá-lo.

Como escolher o lado político certo, se em todos eles a mancha da corrupção, desmandos, traições, e os piores defeitos do ser humano afloram como pragas? Como saber se, neste momento, não estou ao lado de um “HITLER” de triste história que, hoje, quase todos condenam?

Para mim é muito simples, tenho uma fórmula mágica:

  1. Estou sempre do lado dos mais fracos, das pessoas oprimidas e menos afortunadas, curiosamente estas pessoas não tem dinheiro, logo, não corrompem. Por não terem dinheiro, nem nunca ter tido, também não tiveram Educação, Saúde, e muitas outras coisas básicas, essenciais e prioritárias na vida. Além disto, talvez por não terem tido riquezas materiais, é comum encontrar mais gente boa neste nicho de viventes humanos que em outros. As pessoas são mais calorosas, sorriem mais, são mais sinceras e simples, sem afetações patéticas.
  2. Não acredito que, em política todos são iguais. Sou de esquerda e ser de esquerda, muito embora não signifique “estar certo”, significa ter “tomado posição”, ter “escolhido um lado”, que foi o que fiz no item anterior, ao me definir ao lado dos oprimidos. Alguns dizem que não “existe mais esta coisa de esquerda e direita”, e, quando escuto isto, tenho que sorrir, porque, certamente, esta pessoa que está a querer a tirar a minha posição no mundo, “é de direita”.
  3. Não me deslumbro com riqueza. Não sou exatamente uma aberração, gosto de conforto e “ser rico” não seria problema para mim, neste momento de minha vida. No entanto, jamais a busquei, por acreditar em algo mais sublime que “ter dinheiro, posses e bens”. Procurei formar o meu caráter primeiro. Caso alguém levante algo contra mim, que fale que sou desonesto, com tranquilidade, provo o contrário. Este mal que me acomete, me faz buscar as pessoas e não monumentos e coisas, leva-me a observar as atitudes das pessoas e não o que elas vestem ou as joias que as ornamentam, faz-me buscar conhecer as pessoas e não ir a um país e tirar fotos de toda construção famosa que encontrar. Quando observo coisas como Torre Eiffel, Arco do Triunfo, as Torres de Gaudí, Estátua da Liberdade ou coisas do tipo, não tenho como imaginar porque tantas pessoas tiveram que morrer e tanto sangue teve que ser derramado para que “tais coisas esplendorosas” fossem edificadas. Não me tocam, simplesmente, e acho verdadeiramente doentio que as pessoas não vejam, como eu vejo, o sangue a escorrer de cada tijolo assentado nestes monumentos. Sangue de pessoas assassinadas e sacrificadas para que tais “monstruosidades” existam.

Da mesma forma, por outro lado, crianças famélicas da África ou qualquer outro lugar do mundo não me afetam como a maioria das pessoas se deixam afetar, pelo simples motivo que decidi, lá atrás, dedicar minha existência às pessoas menos afortunadas e oprimidas. Decidi isto ao sentir meu sangue ferver com as injustiças perpetradas pelo 1% da população mundial, que deseja viver tocando os outros 99% como gado, e justificando sua opulência com o massacre destes.

Quando vejo fotos de crianças com fome e povos sendo massacrados, como os Palestinos, por exemplo, eu agradeço a Deus, pela decisão que tomei e entendo que estou no caminho certo.

  1. O poder não me domina. Mesmo sendo uma pessoa eminentemente política, jamais mergulhei na busca do poder pelo poder. Desde 1989, quando meu país começou a trilhar o caminho da redemocratização, ainda não completados, diga-se de passagem, eu voto no PT e me filiei a ele em 1994. De lá para cá, jamais procurei qualquer cargo dentro do partido, embora isto seja legítimo e não julgue quem o tenha procurado. Apenas uma única vez me candidatei, ao cargo de vereador de Potiraguá e perdi. Foi importante isto. Percebi que é preciso muito mais que boas intenções para ir além e ajudar as pessoas, é preciso muito mais para chegar ao coração das multidões. Como afirmei antes, “não busco o poder pelo poder”, desta forma tenho me preparado, estudado, trocado ideias, aprendido e procurado entender o que permite alguém poder ser escolhido para guiar um povo, um dia, quem sabe, terei a minha chance.
  2. Não acredito em pessoas ou no que elas dizem, não acredito em jornais ou em suas manchetes. Acredito em atitudes, atuais ou passadas. Leio criticamente, todos os textos que chegam até mim. Todas as pessoas, empresas e nações, têm interesses por trás de cada um e alguns podem ser muito mais sombrios do que podemos imaginar à primeira vista, e, certamente, o são. Assim, não tenho problemas em ler textos russos do Pravda, cubanos do Granma, assistir a Globo, ou ter contato com a mídia desonesta que infesta nosso planeta. Procuro saber o histórico de onde colho as informações para balancear e chegar a uma ideia minha.

Se existe uma coisa que eu conheço um pouco é sobre gente, e isto me faz duvidar até daquilo em que acredito, pois, só assim posso desconstruir e me desapegar das ideias que tenho e poder melhorar com a forma de pensar de outras pessoas.

Para mim, esta é a verdadeira base da democracia. Se eu não considerar que existam ideias melhores que as minhas e/ou que tenha uma melhor maneira de serem implementadas, permanecerei como um paquiderme doente, mergulhado na minha mesmice e poderei, até, assumir posições indefensáveis sobre qualquer aspecto que se observe.

Existem algumas personalidades que admiro e que me ensinaram algumas das coisas que acredito serem as certas: Mahatma Ghandy, Danton (revolução francesa), Sócrates, Malcolm X, Mandela, Steve Biko, Madre Teresa de Calcutá e outros.

Estar certo ou errado não depende só do ponto de vista. Creio que todos os erros que possa ter, serão “menos errados” do que de outras pessoas por colocar na prática tudo que disse acima ou, ainda, cometerei menos erros e, estes, serão menos graves, do que os de outras pessoas que se posicionam na vida de forma contrária a que eu me posiciono.

Fábio Brito, Bahia.

Rebele-se enquanto há tempo!!!

O mundo é muito grande e a nossa vida é muito breve para que eu perca tempo com o que você pensa de mim.

Desta forma quero que saibas que eu vivo a vida procurando fazer o que é certo, pouco me importando se você goste ou não. Caso tenha alguma crítica a fazer, faça. Irei, sempre, considerar as opiniões contrárias às minhas, na exata medida em que compreendo que estas visam a me mostrar uma outra faceta do assunto em questão, e irei modificar meu modo de pensar, e agir, procurando me aperfeiçoar como pessoa, aceitando e até assumindo, opiniões divergentes.

Ninguém é dono da verdade absoluta, então, não se arrogue a sê-lo. Aqui, não se tentará impor “verdade” alguma a quem quer que seja. Este espaço pretende-se apropriado a debates sobre todos os assuntos. Desde Cultura a Política (principalmente), passando por Esportes, Turismo, Educação, Saúde, e, enfim, tudo aquilo de importante que acontece no mundo e que importa às nossas vidas.

Deus nos deu um mundo maravilhoso e imenso. Jamais teremos condições de compreender em sua totalidade o que este mundo representa. São bilhões de Galáxias, e, mesmo que tivéssemos a tecnologia de viajar à velocidade da luz, jamais sairíamos de nossa galáxia vivos, pois esta aventura demoraria milênios.

A nossa vida, no entanto, tem sido manipulada por uma elite de 1% mais ricos, que decide o que e como devemos comer, quanto de renda devemos ter pelo trabalho que fazemos, o que devemos vestir e, até, o que podemos saber. Mas chega um dia em que devemos ir de encontro a tudo isto. Precisamos colocar nossas vozes contra a opressão e nos posicionar ao lado dos mais fracos, que, por sinal, é o nosso próprio, muito embora vivamos iludidos a este respeito, pensando fazer parte da Casa Grande e não da Senzala

Devemos buscar quebrar os grilhões que aprisionam nossas almas à miséria, mesmo que na opulência possamos viver, pois a maior miséria é aquela que nos submete como seres humanos e subverte nossos valores e princípios. É preciso resgatar nossa humanidade, aquilo para o qual fomos feitos pelo nosso Pai. Devemos parar de guerrear contra nossos semelhantes sob a condição de, se não o fizermos, sermos aniquilados pelos nossos próprios irmãos.

Gentileza gera gentileza e esta deve ser propagada.

Sejam bem vindos.

Nós somos muito menores do que pensamos, mas podemos ter atitudes mais grandiosas do que se possa imaginar.

%d blogueiros gostam disto: