Arquivo da tag: Potiraguá

GOLPE!!! Carta a Todos os Democratas do Brasil!!!

“Você nunca sabe que resultados virão de sua ação, mas se você  não fizer nada, não existirão resultados.” Mahatma Gandhi.

Caros(as) Srs.(as),

Venho, através desta, solicitar apoio a uma atividade que estou propondo que visa derrotar o golpe que nos foi imposto pela elite de nosso país, que não consegue aceitar que nosso povo tenha nenhum direito a mais que o que possuía à época da escravidão.

Tenho visto muitas entidades saírem às ruas em protesto contra um governo golpista que, no seu cerne, visa retirar as poucas conquistas obtidas nos anos de governo do PT, e permitir maiores lucros a empresários inescrupulosos, que só conseguem sobreviver e manter suas empresas com a maximização da exploração de seus empregados ao extremo, pois lhes faltam capacidade para gerir minimamente suas empresas.

A sonegação, levada a cabo pelos proprietários destas empresas, ultrapassam ao que denominamos de escândalo, e, ainda assim, suas empresas viram pó, de tempos em tempos, e o que justifica isto é a forma em que vivem, buscando viver no mesmo luxo que seus pares, em países desenvolvidos, e vivendo na opulência sem sentido, enquanto ao nosso povo é reservado os sete palmos de terra, como podemos recordar que ocorreu, nos oito anos de DESgoverno de FHC.

Em meu blog, Rebelde Silente, tive a oportunidade de fazer um texto (Os 50 Tons de Golpe da Globo e Porque sua Concessão de Transmissão Tem Que Ser Cassada Já!!!) em que analiso uma “série de reportagens” da Rede Globo, levada ao ar em 06/2001, que, segundo a própria Globo, foi premiadíssima e que falava da FOME no Brasil.

Nestas “reportagens” eles afirmam que “a cada 5 minutos, morria uma criança de fome no Brasil”. Faço os cálculos em outro texto e a conclusão é de que morreram 840.960 (OITOCENTOS E QUARENTA MIL NOVECENTOS E SESSENTA) crianças devido à FOME ou doenças a ela correlacionadas.

Vivemos, pois, nos oito anos de DESgoverno do PSDB, um verdadeiro GENOCÍDIO de nossa população, e, me desculpem se cometo alguma injustiça, mas até hoje não vi uma só matéria em qualquer meio, que fale deste verdadeiro descalabro humanitário pelo qual passamos que levante este número de perdas humanas.

Tive a oportunidade de no texto de título “FHC, O Genocida” dizer o que, este presidente, de triste memória para todos nós, e que, se tivéssemos uma JUSTIÇA séria em nosso país, estaria “preso a sete chaves”. Dando sequência ao texto, publiquei o mesmo nas páginas do próprio FHC em seu Facebook.

Cada um dos blogueiros “sujos” de nosso país deve saber que, tal feito não é recomendável, pois estas pessoas são poderosas e tem um poder de influência em todas as esferas e seria fácil me processar e me quebrar financeiramente depois de tal ousadia, pois não tenho riquezas que suportasse uma reação aos mesmos.

Trabalho numa empresa de capital misto, controlada pelo Governo Federal, onde comecei a trabalhar em 08/03/2004 após concurso público de admissão.

Agora mesmo, em minha empresa estou tendo algumas dificuldades, devido às escolhas políticas que tenho feito. Estou numa agência na cidade de Lages-SC e aqui quase todos se vestiram de preto quando o ex Presidente Lula foi convidado como Ministro da então Presidenta Dilma Rousseff, contrapondo-me a eles, fui o único a vestir vermelho, no dia seguinte, vestindo, novamente esta cor, quando da deposição definitiva de Dilma, no Senado Federal.

Sou um servidor público e, como tal, aprendi a servir ao povo brasileiro oferecendo a ele o melhor de mim, mas, no entanto, não consigo, nem pretendo, me transformar em um SERVIÇAL DAS ELITES como muitos que vejo, o são.

Retornamos recentemente de uma greve dos bancários na qual, dos 44 funcionários que temos em nossa agência, eu fui um dos QUATRO que fizeram greve.

Enquanto ausente do trabalho, passaram pente fino em minhas ações como profissional, no intuito, provável, de encontrar alguma irregularidade, algum ato de má fé, para que pudessem justificar minha demissão, pois sou um incômodo para eles.

Mais do que ninguém, vocês que estão a noticiar como o fascismo caminha a passos largos em nosso país, deve saber como esta filosofia encontra um campo fértil, principalmente aqui no Sul do Brasil, em especial em Santa Catarina, onde vivo agora.

Nasci na Bahia, em maio de 1970, e faço política desde os TREZE anos de vida, devido a ter várias pessoas em minha família que desenvolviam esta atividade, entre outras, claro. Meu pai era contador, meu avô coletor fiscal, eles foram políticos conhecidos na região onde nasci e cresci, Itapetinga e Potiraguá.

Mesmo estando imerso na política por tanto tempo, apenas uma vez disputei uma eleição no ano de 2004, para vereador na cidade de Potiraguá, através do PT, partido ao qual estou filiado desde 1994 e com quem tenho colaborado desde o ano de 1989, nas primeiras eleições livres para Presidente após a DITADURA. Não é preciso dizer que o resultado desta eleição, numa cidade onde estive afastado por doze anos, foi que não consegui ser eleito.

Apesar disto, aprendi muito, e uma das coisas que pude assimilar com a derrota no pleito eleitoral em que disputei é que, política não se faz apenas através de eleição e que, para chegar a ela, é importante que tenhamos algo a mostrar para as pessoas para as quais pretendemos pedir votos.

É necessário mais que uma conduta ilibada, é necessário mais que boas intenções. Alguém que almeje obter a confiança de nosso povo deve estar disposto a defendê-lo e o fazê-lo, sob quaisquer circunstâncias que se abatam sobre si.

Aos 46 anos de idade, não esperava passar por uma situação política em meu país como a que observamos agora. No entanto, eu, como vocês, em várias oportunidades, mais acentuadamente desde 2012, através de um outro blog que não atualizo mais, mas que ainda encontra-se ativo, o Sem Travas na Língua, e diversos textos que pude divulgar na internet, facilmente localizado através do Google, alguns, inclusive, através do blog de vocês, tenho alertado ao PT de que iríamos sofrer um GOLPE  e que as atitudes que estavam sendo tomadas para impedi-lo, estavam absolutamente equivocadas.

Uma vez que o GOLPE foi dado, no entanto, o mundo das letras, dos blog’s, Facebook, Twitter e congêneres não comporta mais a ebulição do meu sangue ao ver que nossos líderes continuam na mesma trajetória, alguns (muitos) deles, inclusive, faltando com o respeito ao nosso povo, quando sobem nas tribunas e bradam fervorosamente contra a REDE GLOBO e acusam de ter sido o motor principal da máquina que esfacelou a nossa Constituição e está a sufocar a nossa jovem DEMOCRACIA,  doando nossas riquezas na bacia das almas, sem ninguém que se levante, objetiva e decisivamente, contra os criminosos que tomaram de assalto o Palácio do Planalto.

Não me resta, pois, outra atitude que, ao observar o vácuo de lideres neste momento tão crucial de nosso país, buscar unir nosso povo na única solução que venha a impedir que este GOLPE  se consolide e venha a trazer PREJUÍZOS HUMANITÁRIOS IRREPARÁVEIS, caso nada seja feito DE FORMA IMEDIATA.

Aprendi que, diante da TIRANIA E OPRESSÃO que se abate sobre nós, é mais que um direito, é uma obrigação a cada pessoa que busca a JUSTIÇA se opor a um governo qualquer que submete sua população a isto.

Nossa proposta, desta forma, não poderia ser outra, que a de mobilizar toda as pessoas que não aprovam este governo títere, e serviçal de forças alienígenas, a uma MARCHA PARA BRASÍLIA E CERCO AO PALÁCIO DO PLANALTO, com duas proposições basilares e que norteiam a nossa busca de JUSTIÇA  e respeito, à CONSTITUIÇÃO e à vontade popular expressa nos mais de 54 MILHÕES DE VOTOS que a nossa Presidenta Dilma Rousseff, recebeu: DEPOR TEMER E REEMPOSSAR DILMA VANA ROUSSEFF.

Para isto precisamos mobilizar a maior quantidade de pessoas para ir à Brasília no dia 15/11/2016, e, através de manifestação pacífica, nos posicionarmos diante dos órgãos responsáveis por este GOLPE ter ocorrido que são: Embaixada dos EUA, afiliada da Rede Globo, Palácio do Planalto (onde se encontra o usurpador e uma quadrilha de criminosos),  Câmara e Senado Federal e STF.

Nosso chamado é pacífico e apartidário, onde as pessoas de todas as correntes políticas serão bem vindas, todas as pessoas que prezam a DEMOCRACIA terão boa acolhida.

Estamos solicitando doações em dinheiro através de conta disponibilizada para o fim de ajudar a custear esta mobilização e esta conta está em meu nome. Solicitamos que as doações devem ser através de DOC/TED, transferência entre contas ou por depósito em caixa, que pode ter o nome da pessoa e, por conseguinte, ao enviar o recibo escaneado por e-meio, possamos devolver as quantias em caso de algum imprevisto.

Sei como é difícil conseguirmos alcançar credibilidade e, desta forma, ao pedir-lhes apoio na divulgação do evento que estamos propondo, estamos dispostos a dialogar e dar todas as garantias de que vocês necessitem para nos oferecer algum tipo de auxílio para que esta ideia, que se baseia em uma DESOBEDIÊNCIA CIVIL PACÍFICA, que pretende reunir todas as correntes de pensamento que entendam que não podemos aceitar a ruptura do ESTADO DE DIREITO que esta elite apátrida, nefanda e subalterna a interesses alienígenas tenta nos impor.

Certo de que, o que exponho aqui, vai ao encontro sereno e amistoso, do que se encontra no coração, e tem guarida no intelecto de cada um de Vas. Sas. , coloco-me à disposição para dirimir eventuais dúvidas.

Atenciosamente,

Fábio Brito, Santa Catarina, Brasil.

Dizem que “uma andorinha só não faz verão”, mas olha, que surpresa, mesmo que não haja andorinha alguma, quando todas elas forem extintas pelas mãos do mal, ainda assim, existirão os verões. Fábio Brito.

A carta acima foi feita para enviar a todos os blogs progressistas e entidades democráticas da sociedade civil brasileira, aos movimentos sociais, sindicatos e movimentos estudantis. Peço a todos que a leiam que compartilhe com seus amigos e copiem e cole em e-meios para estas entidades.

A união faz a força e ao enviarem para todas as entidades que possam nos ajudar na organização deste movimento, cada um de vocês estarão uma contribuição imensa para ajudar a derrotar este GOLPE a que estamos submetidos neste instante. Agradeço desde já a todos(as) companheiros(as) que puderem contribuir desta forma.

Que Deus esteja conosco.

Anúncios

SOBRE NOSSAS CABEÇAS!!!

Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta,

formará um público tão vil, como ela mesma.

 Joseph Pulitzer.

Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas

oprimidas e amar as pessoas que oprimem.

Malcolm X.

 

Agradecemos ao VioMundo, por divulgar vídeos gravados por brasileiros, em diversos idiomas, denunciando o GOLPE JURÍDICO MIDIÁTICO PARLAMENTAR,  que está em curso no Brasil neste momento.

Alertamos para todos que, como tem sido denunciado nos mais diversos blogs por todo o Brasil, este GOLPE, tem sido preparado, tem sido gestado, já faz algum tempo e o seu formato, como o vemos agora, num conluio entre a imprensa hegemônica brasileira, parte do Judiciário e alguns parlamentares, começou a ser organizado com a deposição do Presidente legitimo de Honduras, Manuel Zelaya, em 2009, e, em seguida, o promovido no Paraguai contra o presidente eleito, Fernando Lugo, em 2012.

As pessoas que normalmente não se interessam por política, como se isto fosse somente uma coisa suja, e participasse dela somente aquelas pessoas comprometidas com o pior que a humanidade pode possuir e apresentar, precisam entender que, não participar da política, que, por fim, é o que define como nosso mundo funciona, tanto localmente quanto em nosso Estado, País ou Planeta, é o que permite que gangsteres permaneçam a comandar nações inteiras.

Quando não buscamos nos inteirar, cotidianamente, acerca dos assuntos do mundo político, ficamos à mercê das opiniões distorcidas de uma mídia que busca nos manipular. Precisamos abrir os olhos, precisamos acordar, definitivamente!

E nós, que nos definimos de esquerda, temos muita responsabilidade nisto. Não podemos abdicar de nossa responsabilidade em esclarecer as pessoas, e, dessa forma, precisamos ter bem claro que, classificar pessoas como coxinhas, burros, acéfalos e demais adjetivos, não nos torna diferentes daquilo que a direita faz.

Precisamos ser um pouco melhores que isto, e o debate franco, direto e objetivo, mostrando argumentos sólidos, será, sempre a melhor saída. Não podemos afastar as pessoas menos esclarecidas da verdade, caso contrário, estaremos demonstrando que, também, não temos ideia do real poder que o SISTEMA OPRESSIVO E EXCLUDENTE, que impera em nosso mundo, detém, ou seja, não seremos mais que COXINHAS PINTADAS DE VERMELHO.

Quando jovem, tive acesso a um texto de Bertold Brecht, que me fez despertar para as minhas atitudes como ser humano e me fez ver as consequências que cada ação minha poderia ter para com cada habitante deste planeta, a que chamamos de TERRA. Eram, então, os anos 80, e possuía cerca de dezesseis anos quando li o texto, O ANALFABETO POLÍTICO. Foi como se recebesse um soco no estômago, e acordei para vida, passando a me interessar mais para os assuntos políticos e, também, passei a policiar mais minhas atitudes, passando a ver que a política estava presente em cada pequeno gesto nosso.

Quando escutava que todo os políticos eram ladrões, observava que isto era mentira, pois bem perto de mim, conheci exemplos fabulosos que desmentiam, categoricamente, esta informação.

Posso dizer, e aqui presto uma singela homenagem a duas pessoas de minha família, que me ajudaram a ser, efetivamente, quem sou, e agradeço muito a Deus por ter colocado em meu caminho o meu pai, GERCY ALVES DE BRITO e meu avô, OLAVO GIL DA SILVA JÚNIOR, cujos nomes escrevo em caixa alta, para dizer do orgulho que sinto, em ter tido estes dois EXEMPLOS MAIÚSCULOS e expoentes grandiosos do que de melhor podemos encontrar na política e na Humanidade.

As duas pessoas de que falo acima, saíram da política com patrimônio menor do que entraram e jamais se envolveram em esquemas de desvios de dinheiro público. Guardarei-os, para sempre, em meu coração e em minha memória.

Numa época em que era quase inexistente os instrumentos de fiscalização, isto era muita coisa, e, o fato, é que não importa quantos instrumentos se crie para fiscalizar bandidos, eles sempre irão criar alguma maneira de burlar o sistema, porque, afinal de contas, quem tem caráter irá buscar agir corretamente em qualquer lugar onde esteja, mesmo que tenha certeza de que não tenha ninguém a observá-lo. No entanto, para quem não tem caráter, nem pena de morte segura.

Parte destas histórias de minha família e da minha terra, podem ser encontradas no livro da Sra. Terezinha de Azevedo Alves, que leva o título Potiraguá em Suas Mãos. Partilho, com alegria, com você que me lê, uma entrevista concedida por ela a Sra, Edna Peixoto, orientadora do PNAIC (Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa) da referida cidade.

Carrego comigo, portanto, o melhor DNA de pessoas humanas e que entendiam a política como a possibilidade de intervir em nossa sociedade, para proteger as pessoas menos favorecidas e menos afortunadas pela vida. Pessoas que não entendiam a vida como, apenas, um exercício diário em busca do acúmulo de riquezas, visando uma opulência sem sentido, mas, principalmente, a possibilidade de buscarmos ideais como a fraternidade entre nossos irmãos.

Voltando ao assunto em questão, que é da maior gravidade e urgência, as pessoas que não se interessam pela política, jamais irão entender o que é a força da opressão que se abate em nosso país e que, nem mesmo, as decisões que foram tomadas e que estão a interferir nos nossos destinos, foram gestadas pela nata do centro mundial, bem longe de nossas fronteiras, mais precisamente nos ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA.

Como a maioria da população está acostumada a usar uma viseira, à semelhança da que usa-se, ainda hoje, no gado ou em cavalos, não conseguem perceber que caminham por este mundo completamente “bitolados”, onde lhes é permitido apenas, quando muito, trabalhar arduamente, para enriquecer alguns poucos. Os tais 1% da humanidade.

Prova do que estou dizendo, e que passou despercebido a milhares de pessoas que saíram às ruas em protesto contra Dilma na intenção de depô-la, são as ondas que atingem o mundo todo, de tempos em tempos, e que visam moldá-lo ao gosto e ao figurino do que esperam aqueles 1%.

Há, não muitos anos atrás, diversos países do globo, passaram a adotar, como nos EUA, o sistema de reeleição, inclusive o nosso país.

Assim ocorreu com a Argentina e a Colômbia, por exemplo, que tinham no poder agentes do capital internacional naquele momento. Carlos Menem na Argentina e Álvaro Uribe, na Colômbia.

A direita mundial, no entanto, percebeu que os povos se levantam e buscam mudanças que alterem sua condição de vida, mesmo com forte controle de empresas de mídia, mesmo com assassinatos e subornos a agentes públicos da Justiça, polícia e demais. É difícil conter o curso de um rio.

Washington, hoje, muda de ideia, e manda parlamentares de todo o mundo a retirarem o instituto da reeleição. A Colômbia já o fez em 06/15 e o Brasil se prepara para obedecer as ordens dos bandidos internacionais, pois vários parlamentares já falam abertamente sobre este assunto.

Tem sentido! Está ficando caro, para os EUA, financiar golpes e desestabilizações pelo mundo afora, além de todo o investimento que se faz para montar uma farsa de democracias nestes países. Mais garantido é dificultar o acesso ao povo ao centro das decisões, mantendo uma “aura” de democracia, como, aliás, é o próprio sistema eleitoral dos EUA, com forte influência do poder econômico das corporações e onde, absurdamente, um presidente pode ser eleito, mesmo tendo menos votos que o que foi derrotado.

Em breve, o assunto em moda, além do fim da reeleição, será a reforma no sistema eleitoral brasileiro. Palavras como, voto distrital, voto distrital misto, votação fechada, verticalização, cláusula de barreira, parlamentarismo, entre outros, estarão em discussão.

A direita espera chegar o escript para saber como agir, a ordem por enquanto, é derrubar, da forma mais “democrática” possível, a presidenta Dilma. Sem dar muito na pinta, o velho e surrado golpe nas repúblicas bananeiras.

Leis anti terrorismo tem sido aprovadas, nos mais diversos países, sob inspiração fascista, e ditada por Washington, aos títeres do terceiro mundo. O que acontece com estas leis é que, os EUA, estão a preparar o terreno para governos submissos à sua política, em países de terceiro mundo, com instrumentos que os permita serem mais longevos e estáveis. Não é por outra razão que se preparam legislações sob medida para afastar o povo do centro de decisão, através de reformas eleitorais, inclusive.

Quando um líder da direita assumir um determinado governo, tenha certeza, estas leis serão aplicadas severamente contra o povo, que será, então, tratado como terrorista, por buscar intervir, legitimamente, nos governos do seu país.

O dinheiro busca manter a sua hegemonia sobre a razão. A ALCA, abortada no Brasil e em toda a América Latina, devido à ascensão ao governo brasileiro de LULA, era a impostura seguinte, acalentada pelos donos do mundo. Eles ainda não desistiram e promovem, por todo o globo, diversos tratados de livre comércio, que se colocam, para a soberania dos povos, como algo extremamente danoso. TTIP, TTP, TiSA, estão sobre nossas cabeças neste instante e poucos são, os que se dão conta do que podem representar para cada um de nós.

Pena de morte e redução da maioridade penal, estão na fila para serem implementadas na América Latina e demais países periféricos.

Não queridos, estas ideias não são dos brilhantes parlamentares brasileiros como Bolsonaro, Aécio e demais, eles, apenas cumprem ordens, capachos e lacaios vis que são, do PODER DA METRÓPOLE, eles não passam de CAPITÃES DO MATO, cumprindo ordens para subjugar seu próprio povo, para manter um pequeno status e conseguir roubar uma pequena quantia da farta riqueza que temos.

Manter nosso povo sob jugo da moderna chibata, é a tarefa destes senhores e dos demais de nossa direita apátrida.

As aves de rapina, estão assanhadas sobre nossas cabeças, resta saber que destino daremos a elas. Se estivermos, de verdade, buscando ser um povo autônomo e capaz de buscar o seu próprio destino de forma independente, como, talvez, nunca tenhamos sido por completo, a encruzilhada da história se aproxima perigosamente diante de nossos olhos.

É chegada a hora de separarmos as crianças dos homens, o joio do trigo.

Neste momento grave de nosso país, podemos escolher defender a nossa DEMOCRACIA, nos posicionando de forma clara e indubitável, em defesa do Governo Federal que tem à frente a nossa Presidenta Dilma Vana Roussef, ou, ao contrário, ficarmos de tergiversações mil e argumentações intelectualizadas e vazias, algumas até válidas, sobre as diversas traições do PT ao povo brasileiro que, não sejamos cegos, houveram várias, diga-se de passagem, mas que, nos trarão um único resultado, um retrocesso sem precedentes.

Num futuro, possível, dos desdobramentos da crise política em curso, está uma possível inviabilização do país, através da divisão territorial do mesmo. Através de um fatiamento do nosso território o que  se busca, nada mais, é nosso enfraquecimento no mundo, para tornar inviável um possível enfrentamento do PODER DE WASHINGTON, sozinho ou em composição com os demais países do BRICS, por exemplo.

Não nos enganemos, o BRASIL é um país grande e de treze anos para cá, se inseriu no mundo como o fiel da balança, que pode afiançar um destino melhor para o mundo ao se contrapor à liderança TERRORISTA que os EUA impõem a todos os povos.

Que Deus nos dê força e sabedoria para não nos amedrontarmos e agir com a sabedoria que a situação exige de cada um de nós, buscando a melhor saída para o nosso querido e amado Brasil, mas, não nos esqueçamos dos demais povos que passam pelo mesmo problema que estamos passando neste momento, porque, muito mais que lutar e defender nossos ideais, somos um povo pacífico que, muito além de pensar em si mesmo, é capaz, mesmo nesta hora, de demonstrar solidariedade aos demais que necessitam.

Nossa solidariedade a Cuba, Venezuela, Haiti, Honduras, Paraguai e PALESTINA. Não nos esqueçamos deles ao denunciar ao mundo o que está se passando no Brasil. Bandeiras e cartazes com mensagens a estes povos são bem vindas, porque, sabemos, o mundo não gira ao redor de nossos umbigos.

De pessoas de coragem é do que precisamos agora!!!

F. B. – S. C.