Crise ou Oportunidade? Golpe ou Contragolpe? Chorar ou Lutar? Desistir ou resistir? Vocês Decidem!!!

“Quando um ataque acontece , a melhor defesa não é resistir,

mas mover-se com o fluxo do ataque, e ,

usar essa energia em benefício de si próprio.”

Pensamento das artes marciais

 

Se houvesse alguma mulher neste governo interino e ilegítimo de Michel TEMER, ele seria menos “usurpador”?

Se chamar algum negro, será menos “ilegítimo”?

Se tiver alguém de caráter lá, será menos “bandido”?

É preciso estarmos alertas para estas questões, é crucial colocar esta quadrilha, que tomou de assalto o Planalto e roubou mais de 54 MILHÕES de votos, em seu devido lugar.

O que temos a fazer é entender que teremos que retirar esta quadrilha de lá a ponta pés, se preciso for. Temos que encarar esta possibilidade!!! E é necessário que façamos isto com qualidade, e, desta forma, propomos uma #AssembleiaNacionalPopularConstituinte, para reformarmos a Constituição rasgada e aproveitarmos a oportunidade histórica, que a burrice revelada pela prepotência da direita, está nos dando agora, de resolvermos problemas seculares, que não teríamos como resolver, com a patética aliança que o PT e as esquerdas foram empurradas a fazer, desde o primeiro governo Lula, no momento em que observaram que teriam que governar com o apoio do Congresso.

Façamos a verdadeira discussão acerca das soluções do futuro de nosso país, pois, afinal, ficar promovendo vomitaços, compartilhando vídeos de denúncias do que todo o mundo já sabe, que é golpe o que se faz em nosso país neste momento, não vai nos tirar da situação em que nos encontramos.

Em quantas postagens no Facebook, você viu ser apresentada alguma proposta de solução? Você conhece quantas propostas para sairmos desta crise política?

Quais as propostas de solução da crise política você viu em algum blog ou em qualquer outro lugar? Ou será que você só vê falar dos absurdos dos atos iniciais do governo ilegítimo? Já parou para pensar que, ao comentar sobre os absurdos atos do governo ilegítimo e GOLPISTA você, na verdade, já está a ajudar a legitimá-lo?

Precisamos, urgentemente, parar de somente discutirmos e compartilharmos os problemas, os ilegítimos e absurdos atos governamentais, e partirmos em busca do que nos interessa, que é encontrarmos a solução para o atoleiro em que nos meteram com este GOLPE.

O fator STF

Hoje parece claro, para as pessoas de bom senso, que o STF não só foi um fator de desestabilização a mais, ao governo de Dilma, mas, pior do que imaginávamos, foi ator ativo no GOLPE.

Dizem que “quem cala consente”, ou, como dizia Desmond Tutu, Prêmio Nobel da Paz, ““Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado do opressor.

Descobrir que nosso STF, não só se omitiu, mas foi partícipe do golpe que se abate sobre nós, nos deixa quase sem esperanças sobre uma possibilidade de que exista algo que nos permita sair desta crise com menos traumas do que o necessário, uma vez que nos meteram neste problema.

Enquanto o circo pegava fogo, ficamos a saber que os “nobres” juízes apenas estavam interessados em saber dos seus 78% de aumento, parece piada mas não é, e numa atitude das mais mesquinhas, parecem que se vingaram de nossa presidenta, deixando ela ao Deus dará, votando a favor dos pleitos do pilantra que presidia a Câmara de Deputados, mesmo sabendo de diversas gravações que comprovam que o impeachment é um GOLPE.

Em que pese a possibilidade de existirem gravações que possam ter sido feitas pelos EUA, no famoso escândalo de ESPIONAGEM que atingiu nossa Presidenta Dilma , a Angela Merkel e a nossa maior empresa, a Petrobrás, denunciado pelo Edward Snowden, não nos parece mais verossímil, que apenas isto seria suficiente para que os GUARDIÃES DE NOSSA CONSTITUIÇÃO estejam agindo, exatamente, no sentido de rasgar a nossa lei maior. No entanto é, absurdamente, o que fazem agora.

Quando vemos uma excrescência como o Gilmar Mendes, agir como agiu com relação a Lula, impedindo a posse do mesmo como Ministro do governo de Dilma, e todos os demais ministros do tribunal se calando, vemos, mais que claramente, que todos estão do mesmo lado.

Quando vemos que durante meses este mesmo ministro, sentou-se no processo em que se votava a possibilidade de financiamento de empresas para campanhas políticas, e nenhum outro ministro se levantou contra ele, vemos que, mais do que qualquer coisa, o STF está dominado por esta ABOMINAÇÃO jurídica, que atende pelo nome de GILMAR. Juiz este que é uma aberração jurídica e que em TODAS AS SUAS DECISÕES, dá ganho de causa há apenas um dos lados, o PSDB, ou contra qualquer coisa que venha a prejudicar o Governo de Dilma ou do PT.

Não à toa, denominamos este senhor, aqui neste blog, como o COMANDANTE EM CHEFE DAS FORÇAS JURÍDICAS DO TUCANISTÃO, tamanha a sua desfaçatez em julgar sempre contra o PT a todo processo que se apresente a ele.

Os Sindicatos – Devassa Sindical

Verificando os últimos movimentos do xadrez político nacional, é de se observar que, com a perda do poder de influência na política, ao ter o julgamento pelo STF, que retira a possibilidade de financiamento por empresas para campanhas políticas, a elite do país prepara-se para avançar suas peças para diminuir, ou inviabilizar, o uso dos sindicatos trabalhistas como apoio aos partidos e candidatos das esquerdas, mantendo intacto o poder dos sindicatos patronais.

É de se esperar uma verdadeira devassa nos sindicatos dos trabalhadores, para até meados de agosto, enfraquecendo sobremaneira a força das esquerdas no país e fazendo com que, em plena campanha nas eleições municipais, as esquerdas saiam fragorosamente derrotadas, o que dificultaria, enormemente, os movimentos das esquerdas pelo país e diminuiria o movimento no apoio ao retorno da Presidenta Dilma ao poder.

Esta devassa, que visaria a encontrar irregularidades nos sindicatos, principalmente no financiamento e apoio a candidatos das esquerdas, estabeleceria multas exorbitantes e tiraria de cena diversos sindicalistas importantes, com a prisão dos mesmos, e objetivando delações premiadas, que viessem a atingir duramente ao PT, a Lula e a Dilma, estando, numa cartada final para prender, tanto Lula quanto Dilma, e objetivando, ao menos e por fim, a CASSAÇÃO do registro partidário do PT, o que retiraria, das esquerdas, a possibilidade de retornar ao Palácio do Planalto nas eleições de 2018.

O Movimento Estudantil – UNE

Um movimento paralelo à devassa sindical, estaria na CPI da UNE, que, segundo informado pelo seu idealizador, visa apurar as irregularidades apontadas no TCU e a aplicação dos mais de R$ 60 milhões, arrecadados desde 2006, entre transferência do governo, patrocínio da Petrobrás e apoio de Ministérios.

Obviamente que não se trata só disto. O Sr. Feliciano está, claramente, servindo como linha auxiliar de Geraldo Alckmin, no intuito de colocar pressão sobre os estudantes, que tanto trabalho estão dando ao seu governo e às suas pretensões como candidato a presidente em 2018.

Tanto uma, como outra situação, sejamos sinceros, tem potencial de causar grandes prejuízos às esquerdas, porque sabemos que estas instituições não são geridas de forma exemplar, lamentavelmente.

Nós, que nos consideramos de esquerda e lutamos agora pela Democracia em nosso país, não podemos fechar os olhos para diversas irregularidades que ocorrem em nossas instituições sob pena de sairmos desmoralizados deste momento. Não podemos exigir correção dos “outros” e agirmos diferentemente do que esperamos dos demais. Nossas ações precisam estar pautadas naquilo que é o correto, independentemente, das ações condenáveis dos nossos adversários.

Não combina com Democracia termos sindicatos em que um grupo se perpetua em diretorias através de chapas que pouco se modificam e as mudanças que ocorrem se dão através de questões como doenças, eleição de diretor para cargos eletivos, indicação de diretor para cargo elevado em outro órgão público e afins.

A existência de uma dinâmica verdadeiramente democrática em nossos sindicatos, tem um potencial de espalhar os ideais democratas e humanistas que tanto esperamos que nossos adversários políticos venham a demonstrar. Como diria Gandhi, “sejamos nós a transformação que queremos para o mundo”.

Ao buscarmos unificar nosso discurso com nossa prática, ganhamos todos com o potencial de mudança nas estruturas de nossa sociedade. Muito mais do que palavras nossas ações tem um potencial de revolucionar o mundo à nossa volta.

Uma mudança que traria um ganho extraordinário, por exemplo, é a divulgação, através dos sindicatos, das negociações coletivas em torno das condições de trabalho de cada categoria profissional.

Existem tecnologias que permitem que sejam transmitidas ao vivo, as negociações com os sindicatos patronais, ou, mesmo que não seja ainda possível esta solução, cada sindicato poderia divulgar as gravações das mesmas e disponibilizando a visualização pela internet.

O que este pequeno exemplo, de mudança de atitude, poderia trazer para nós?

Mostrar como os patrões são insensíveis aos pleitos trabalhistas é uma das consequências imediatas, junto a isto mostrar a toda a população como se dá a luta política em sua essência, seria como um curso de formação sindical disponível para todos, seria como um curso de formação política simultâneo. Cada cidadão passaria a identificar de que lado está e identificaria seu lugar no mundo o que pouparia às esquerdas a luta pela hegemonia nas diversas esferas de poder.

A verdadeira democratização do funcionamento dos sindicatos é urgente e para ontem, precisamos discuti-la agora e implementar uma forma de elegermos nossos representantes na empresa de uma forma que todas as correntes de pensamento tenham possibilidade real de disputa do espaço sindical e chegar ao comando do sindicato.

Por que não estabelecer debates entre as chapas existentes através da internet, durante período eleitoral, para que se discuta, de uma forma mais dinâmica e aprofundada, as questões e as soluções possíveis, que cada um oferece, para cada categoria trabalhista?

O simples debate franco e honesto, com oportunidades para todas as correntes exporem seus pensamentos, por si, já seria de um ganho notável, e, se junto a isto, estabelecêssemos uma regra que obrigasse a mudanças periódicas nas diretorias de todos os sindicatos, ganharíamos, também, com o surgimentos de muitas outras lideranças, que, a exemplo de LULA, teve suas origens no movimento sindical.

O Movimento Estudantil, de forma igual, pertence a este universo em que as mudanças precisam ocorrer, de verdade, para que venhamos a ter um arejamento salutar na dinâmica democrática, que nos traria ganhos enormes.

Para início de conversa, é preciso que venhamos a reconhecer que as eleições estudantis são uma grande farsa. Participei de algumas delas e não surpreende que o Congresso Nacional seja esta esbórnia, fraudes são coisa pequena.

O momento por que passamos é muito difícil, sem sombra de dúvidas, mas podemos aproveitá-lo, se inteligentes formos, para avançar no campo adversário e retirar deles, poderes que hoje acreditam ser “divinos” e estarem cristalizados e serem inegociáveis.

O formato de nossas comunicações é uma delas, reforma agrária, outra. Podemos sim repensar a nossa sociedade em busca de alterarmos seu funcionamento, através de estruturas renovadas onde, cada um de nós, tenha iguais chances de sucesso na vida.

A tarefa que nos aguarda não será muito difícil, se conseguirmos nos convencer, antes de tudo, que precisamos, neste momento, participar da construção desta nova estrutura social que precisamos, para substituir as que já estão carcomidas pelo tempo.

Enfim, mais uma vez, como diria Gandhi, “sejamos nós mesmos, a mudança que queremos no mundo” e, junto a isto, passemos a cobrar, das pessoas ao nosso lado, aquilo que exigimos de nossos adversários, não podemos passar mão na cabeça de ninguém, só assim teremos um mundo melhor para todos.

 

Fábio Brito – Santa Catarina.

 

Anúncios

2 opiniões sobre “Crise ou Oportunidade? Golpe ou Contragolpe? Chorar ou Lutar? Desistir ou resistir? Vocês Decidem!!!”

  1. Fabio Brito. Gostaria de participar de algum grupo já formado, para o ESTADO DE ASSEMBLÉIA NACIONAL POPULAR CONSTITUINTE, para se poder praticar esta idéia pela rede e em reuniões presenciais, mas com interativadade nas redes.

    Outro ponto são as Petições Públicas, para o julgamento pelas Cortes Internacionais, do STF – o órgão; de Gilmar Mendes, da obrigação de julgamentos, que o Brasil é signatário e outris, de todos os congressistas corruptos, pois só o STF tem o poder ´para tanto. Favor responder a meu comentário.

    Abraços.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s