Somos Democratas???

“Nosso mal é que preferimos ser arruinados pelos elogios

a sermos salvos pela crítica”. Anônimo.

 

 

A DIREITA, isto não é novidade para ninguém, vive da fraude, da dissimulação, da manipulação, da enganação. Quem dá créditos às teses da direita ou é mau intencionado ou um tolo útil aos seus interesses e, caso não abra os olhos, perderá o caráter pelo caminho.

 

Dia 16/08, quando me preparava para sair para o trabalho, me deparei com o vídeo acima, postado em meu Facebook e me espantei com o conteúdo, e, como não tinha tempo hábil para pesquisar sobre a sua veracidade, pedi ajuda aos meus amigos de minha lista e, confesso, a resposta que obtive foi muito melhor do que esperava.

Agradeço a atenção de todos com a questão do vídeo de Chico Buarque, que, supostamente, provaria a atitude dele de trambicagem e crime de roubo de propriedade intelectual.

Acredito que resta mais que comprovado que o mesmo se trata de uma brincadeira ocorrida entre amigos em momento de descontração, possivelmente fazendo ironia aos seus críticos.

Gostaria de chamar a atenção para um detalhe que parece não ter ocorrido aos demais, aos cerca de 55 segundos do vídeo o Chico que está com uma camisa de botão na cor azul, passa a usar uma outra sem botão e sem gola, de cor  branca, e, se perceberem, durante todo o vídeo este fato ocorre diversas vezes, o que por si, mostra que a filmagem não foi feita ao mesmo tempo, mesmo que mantenha uma sequencia lógica.

Isto significa que foi feita uma montagem. É, portanto, um vídeo verdadeiro, gravado em momento de descontração íntima de amigos, que faziam uma brincadeira entre si, visando ironizar críticas dirigidas a eles e em que o mesmo foi gravado em momentos distintos e montado para dar uma sequencia lógica a um assunto que foi retomado num momento diferente, exatamente para que tivesse sentido. Este é o meu veredito. Assim falou Zaratustra.

No entanto, o assunto levantado aqui, a respeito do vídeo e da honestidade do Chico Buarque vai mais fundo do que se imagina. Trata-se da liberdade de questionar, coisa essencial em qualquer DEMOCRACIA.

Discordo, frontalmente, de quem me criticou por tê-lo colocado no Face. A discussão colocada não era somente se o Chico Buarque participava de crime de roubo de propriedade intelectual, embora este seja o assunto central, trata-se de muito mais que isto, podemos ver vários assuntos de “fundo” que são tão, ou mais, importantes que o próprio assunto central.

A divulgação de vídeos ou mensagens falsas, na internet, no intuito de destruir a imagem de alguém ou algum grupo, através de montagens ou apenas boatos, é uma questão que se faz importantíssima no momento atual.

Como reagimos à imensa gama de informações que encontramos na internet, hoje, a grande quantidade de informações e, junto a isto, a seleção das informações verdadeiras e relevantes, e que podem nos ajudar a ter uma compreensão melhor das coisas, é outro assunto de relevo.

Crítica-norman-vincent-peale

Algumas pessoas levantaram a questão de que não deveríamos duvidar do Chico, que ele é inquestionável devido à imensa contribuição que o mesmo tem dado à música, à imagem do Brasil, à literatura, à política e tudo o mais. Discordo carinhosamente de quem pensa assim , pois a essência maior da DEMOCRACIA é que não se pode existir pessoas acima de qualquer suspeita, ou, ainda, uma crença infalível e inquestionável.

Um dos princípios basilares de tudo o que creio é que, como todos nós somos falhos, como todos erramos, eu posso estar errado, neste momento, em algo em que acredito ou na forma que tenho agido, logo, chego à conclusão que o melhor amigo de qualquer pessoa que se acredite DEMOCRÁTICA é um símbolo, “?”, a interrogação.

Em meu blog, na área “Sobre o autor” você pode ler: Devemos ser os primeiros a questionar sobre tudo aquilo em que acreditamos e buscar melhorar, sempre.

Este é um dos princípios da verdadeira Democracia, estar aberto a reconhecer que não somos donos da verdade e aceitar que opiniões divergentes das nossas podem ser melhores e aceitá-las, nos prontificando a implementá-las.

Em meu primeiro texto publicado no blog em 29/05/2015 escrevi:

O mundo é muito grande e a nossa vida é muito breve para que eu perca tempo com o que você pensa de mim.

Desta forma quero que saibas que eu vivo a vida procurando fazer o que é certo, pouco me importando se você goste ou não. Caso tenha alguma crítica a fazer, faça. Irei, sempre, considerar as opiniões contrárias às minhas, na exata medida em que compreendo que estas visam a me mostrar uma outra faceta do assunto em questão, e irei modificar meu modo de pensar, e agir, procurando me aperfeiçoar como pessoa, aceitando e até assumindo, opiniões divergentes.

Ninguém é dono da verdade absoluta, então, não se arrogue a sê-lo. Aqui, não se tentará impor “verdade” alguma a quem quer que seja.

Crítica-XicoXavier

Por entender a DEMOCRACIA desta forma não entendo como não possa questionar quem quer que seja, uma vez que sempre estou a questionar as minhas próprias atitudes. A falta de questionamento e o aplauso contínuo e impensado a pessoas e ideologias, fatalmente nos levará a uma situação de perda do senso crítico, que, em casos mais sérios, nos levará a abrir os olhos quando estivermos dentro do pesadelo do arbítrio, como, possivelmente, seja o que nos acontece agora.

Somente falsas personalidades não aceitam e recriminam a crítica. Em toda a minha vida, ao contrário de muitos, a crítica embasada e honesta soou aos meus ouvidos como uma sinfonia perfeita, em absoluta harmonia, uma vez que as questões levantadas contra minhas atitudes e pontos de vista, permitiam me aperfeiçoar como pessoa, e, embora seja bom receber elogios e saber que outras pessoas partilham de nosso ponto de vista, os aplausos são passageiros e não me permitem ir além, não me permitem o aperfeiçoamento do que já tenho.

Nos dias que se aproximam, preparo, portanto, meu espírito para o que de pior o ser humano pode apresentar, pois pretendo fazer analises que vai contra tudo o que temos visto e não pretendo poupar ninguém para obter aprovação estéril e aplausos fáceis.

Alguns acreditam que Democracia seja expressa nas eleições e que ela só ocorra nas casas legislativas, mas, se observarmos bem, a cada novo dia, a verdadeira Democracia está cada vez mais longe destes ambientes, e é por isto que não aposto minhas fichas, em resolver os problemas que vemos hoje no Brasil, na última esperança dos desesperados, que choram estarem sendo apeados do governo por um GOLPE.

Crítica-KarlMarx

Por fim, quero agradecer a todos que atenderam a meu pedido e colaboraram de alguma forma com a questão do vídeo do Chico Buarque, creio que saímos melhores com a discussão do tema do que se tivéssemos fechado os olhos e adotado a posição de que, sendo ele “um dos nossos” é intocável.

A Democracia, para mim, é uma forma de ver o mundo, não uma simples maneira de agir e sentir, acreditando que somente eu e os de meu convívio ou grupo, temos as respostas.

Para me sentir bem, em qualquer ambiente que esteja, é condição imprescindível, poder estabelecer o contraponto, poder exercer a possibilidade da discordância e da crítica, pois, caso isto não me seja permitido, este ambiente será a pior das prisões.

 

Abraço a todos e o meu muito obrigado.

 

Fábio Brito. Santa Catarina, Brasil.

P.S. Termino este texto com a frase abaixo pedindo que paremos de lamentar o GOLPE que tentam nos impor neste momento e que, mesmo que ele se confirme no Senado Federal, com a deposição de Dilma na votação final, tenhamos paciência e reflitamos sobre o momento, nos unamos em torno da solução e busquemos criar um futuro melhor, afinal, o futuro será o que fizermos dele.

Futuro-Peter Drucker

Anúncios

2 opiniões sobre “Somos Democratas???”

  1. Eu até me conformaria com o golpe se ele fosse executado por políticos no mínimo éticos.Ma como me conformar com aquela .camarilha? tendo como líder um bandido como o Eduardo Cunha.

    Curtir

    1. Não creio que pessoas honestas iriam participar de GOLPES.
      Para ser um golpista que demonstra não se preocupar com o futuro das pessoas à sua volta, é necessário ser uma pessoa reles, vil, abjeta.
      É intrínseco das pessoas sem caráter agir tendo como primeira motivação o seu próprio umbigo, sua conta bancária, a acumulação de bens, por fim.
      Cada um dos GOLPISTAS, por seu turno, irão explicar a quem queira lhes dar ouvidos, mas, o fato é que estas explicações JAMAIS JUSTIFICARÃO SEUS ATOS.
      “Explica, mas não justifica”, como diria o Sargento Marques, do Colégio Militar de Salvador, onde estudei alguns anos.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s